Alfabeto Baiano

Hoje trago a vocês mais uma postagem muito útil da sessão: Antiguidades                             Falando sobre: Alfabeto Baiano

 [Vai ser uma  porcaria de post]

Bem, Isso foi o que meu #Vô Aprendeu na Bahia em 1953. Durante o seu 1 mês de escola (Nesse 1 mês ele aprendeu a ler, escrever e calcular, coisa que em nossas escolas demora 3 anos…)

O abecedário é o mesmo, a mudança é a fonética.

A – Bê – Cê – Dê – ÉGuê – Agá – I – JiMeNe – O – Pê – Quê – – Tê – U – Vê – Xis – Pissilone –  Zê

Lembrete: K, W e Y  só entraram no alfabeto brasileiro em 1990. Mas no Baiano já tinha o Y [ Não sei porque pra colocar o nome do filho de Uoshynton ]

Na dúvida, ouça essa musica:

Todos sabem o quanto Baiano é preguiçoso né, Então, o ABC deles foi montado sobre as palavras que eles falavam.

Exemplo: RD ( ReDe -Coisa boa pra se descansar) O R já tá incluido com o E poupando a necessidades de colocar mais letras. Escrever um tweet bilhete com esse ABC ficava bem mais fácil, hein!

Entendeu? Então tente desvendar: G ___________

Isso foi um dos primeiros exercícios que meu Vô fez na escola.  E vai ser a próxima matéria a cair no vestibular.

Bem, a resposta é que aquilo é: GaLinha

Historinha: Meu Vô e muitos Baianos chamavam esse liiindo caminhão de Feneme.

Feneme

Ele só foi descobrir o nome real desse caminhão em 19/06/73 quando começou a trabalhar na ZF do Brasil ₢ .

“Então, a ZF Tambem fabrica peças pro caminhão FNM…”  – Disse o Instrutor, enquanto explicava sobre a ZF para os novos funcionários.

FNM

Gostou? Conseguiu ler até o final sem ficar cego?

Então é com grande prazer’ que encerro esse post. [Fim]

Darmstádtio.

A palavra ‘alfabeto’ vem do grego Alpha (primeira letra do alfabeto grego) e Beta (segunda letra)  INFORMAÇÕES INÚTEIS
Anúncios

10 comentários em “Alfabeto Baiano”

  1. Esse blog é maravilhoso! o baiano é assim mesmo! ele não consegue aceitar que existe um mundo fora da Bahia! o alfabeto baiano(nordestino) está completamente errado sim,pois confundem fonema com escrita(nome da letra),não conseguem compreender que BRASIL NÃO É AFRICA COMO SE DIZ EM SALVADOR! O BRASIL TEM SUA PROPRIA CULTURA! SE A BAHIA É A AFRICA NO BRASIL,ENTÃO NÃO É BRASIL! MAIS AMERICANIZADO QUE O BAIANO NÃO EXISTE JA QUE NA TERRA DO ACARAJÉ´TOMA-SE COCA-COLA,COME-SE NO MCDONALDS, ASSISTE-SE CANASI DA WARNER E SONY(TV POR ASSINATURA) E POR AÍ VAI… O ÉFI(F) NÃO VEM DO INGLES VEM DO PORTUGUES,CONVERSANDO COM UM PORTUGUES DE PORTUGAL ELE NÃO FÊ E SIM ÉFI,POIS É A ORIGEM DO NOSSO PORTUGUES! NÃO SE DEIXE LEVAR PELO PRECONCEITO BAIANO! OTIMO BLOG! PARABENS!!

    Curtir

  2. Se é uma piada, então é de muito mal gosto, pois tem um cunho preconceituoso quando diz que baiano é preguiço. É bom que se diga que a tal preguiça baiana, tão propalada no Brasil, nada mais é que preconceito racial. (Vide a tese “PREGUIÇA BAIANA”, defendida pela professora de antropologia Elisete Zanlorenzi, da PUC-Campinas). Quanto ao alfabeto baiano, ou melhor nordestino, pois é dessa forma que é ensinado no Nordeste, trata-se da forma correta de se dizer o alfabeto português, pois o nosso alfabeto é de origem latina. Foi dessa forma que nossos literatos: Eça de Queiroz, Machado de Assis, etc, reis e rainhas, além da nobreza portuguesa foram alfabetizados: dizendo fê ao invés de efe, guê ao invés de gê, mê ao invés de eme, e por aí vai. Se hoje pronuncia-se diferente é por pura influência do alfabeto inglês. Afinal, brasileiro adora imitar americano. É uma forma que nós brasileiros encontramos para levantar a nossa alto estima.

    A respeito do caminhão FNM, esta é a prova cabal de como era ensinado o alfabeto em todo Brasil, e não só na Bahia ou Nordeste, como quer você senhor/senhora Darmstadtioté. Chegou até os nosso dias esse fóssil linguístico (Fê Nê Mê) da mesma forma como era pronunciado o nosso alfabeto por nossos antepassados. Foi a partir da década de 1960 foi introduzido a forma inglesas de se pronunciar as letras, infelizmente.

    Curtir

    1. Olá João.
      Agradeço seu comentário.

      Já disse em um comentário acima e torno a repetir: Isso é um blog com conteúdo humorístico. Se você não gosta do que vê (no caso, lê) simplesmente SAIA! Afinal, você não é uma árvore para ter que ficar no mesmo lugar.

      Eu já fui chamado de girafa, Cu-de-ferro, nerd, salsicha, noob, e muitos outros, e não é por isso que saio em blogs repudiando essas atitudes.

      Siga sua vida aí em na Petrobrás de Aracaju e eu sigo a minha aqui em casa.

      De qualquer forma, agradeço por expressar sua opinião.
      Att. Darmstádtio

      Curtir

      1. Tava pesquisando sobre as diferenças de alfabeto e em deparei que esse blog. Mas vou fazer o que você mandou vou sair mesmo. Não sei de onde você é mas sou baiana e te digo esse tipo de comentários não é engraçado.

        Curtir

  3. Só o brasil ensina errado o alfabeto. “efe” erre” “esse”

    emeeuçeerreo ( meu carro).

    O alfabeto baiano vai dominar as gramáticas brasileiras.

    Curtir

  4. Sua ANTA (posso chamar assim da mesma forma que você chama o baiano de preguiçoso), o Abecedário baiano deu-se antes mesmo do abecedário adotado hoje.

    Preguiça é não pesquisar a origem das palavras e postar porcaria na internet.

    O Brasil teve influencia linguistica de varios países e houve a mistura do portugues italiano frances e algumas palavras do inglês. Tem locais do nordeste, que interpretam um pouco o alfabeto espanhol, bem como suas palavras…isto deve-se pelas épocas das capitanias hereditárias, ok?! É comum ver algum nordestino dizer as palavras “Barrer”, “Mutio” entre outras, não é porque falam errado, mas sim, tem palavras que são corriqueiras de seu vocábulo como “Barrer”, porque o V tem o som de B e o “Mutio” porque vem de Mucho, derivado do espanhol.

    Estude a história do Brasil.

    Ps. Não é uma baiana que aqui lhe fala.

    Curtir

    1. Leitora Luciana de Mira,

      Agradeço seu comentário, mas devo lembra-lá que está em um blog com conteúdo humorístico e que uma das maiores piadas não poderia deixar de ser citada nesse post.
      E embora tenha escrito sobre o alfabeto espanhol e o vocabulário nordestino, isso não tem a ver com o post que fala sobre o abecedário baiano e a forma que ele é dito.

      De qualquer forma, agradeço por expressar sua opinião e da próxima vez pode deixar que vou tomar mais cuidado com esses ‘insultos’

      Att. Darmstádtio

      Curtir

Se você comentar nessa postagem, o editor fará carinho em três gatos. Que tal comentar, então? É de graça!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.