Experiências (medianas) com desenvolvimento de apps para Windows Phone

ClaMAN mostra como foi sua saga, após deixar de lado o Android, para criar um aplicativo para Windows Phone

Anúncios

Depois da postagem anterior, eu continuei com vontade de aplicar meus conhecimentos em programação no mundo mobile. Já que Android não me cativou o suficiente, eu parti para o mundo dos (poucos) aparelhos com o Windows Phone (8.1, porque atualização para o 10 até hoje só chegou no meu computador).

best-windows-phone-1Então, comecei instalando uma outra IDE (leia-se: programa pra ajudar o programador a fazer programas) chamada Microsoft Visual Studio Express 2012 For Windows Phone (específico, não?). Tudo bem até o meio da instalação, que estava sendo feita enquanto eu fazia algumas coisinhas em Java e ouvia música.

Aí a instalação, do nada (SEM AVISO MESMO) reiniciou meu computador.

ClaMAN 0 x Windows Phone 1

Ok, não perdi muita coisa mesmo, decidi tentar de novo.

Enrola, enrola, enrola e ainda esconde a Nep-Nep do papel de parede.
Enrola, enrola, enrola e ainda esconde a Nep-Nep do papel de parede.

E o programa travou a instalação. Cancelei, comecei de novo… E, de novo, reiniciou o computador (seria melhor falar que resetou).

Aí eu fiquei com raiva. Desinstalei tudo relacionado a esse Visual Studio e comecei de novo (no notebook, que não tinha essas coisas de programas instaladas ainda porque eu formatei ele na semana passada). Foi até o fim, deu uma resetada só pra eu não achar que ele estava dando mole, mas foi só olhar com cara feia pra ele e ele terminou de uma vez.

Enfim, foi hora de tentar. Pelo menos o MSDN tinha uns tutoriais que ajudaram a entender aquele monte de código que o Visual Studio gerou sozinho. Fora isso, consegui pegar o jeito de fazer um aplicativo.

ClaMAN 1 x Windows Phone 1

Agora, na hora de testar…

ERRO ESTRANHO NUMA TELA ESQUISITA
ERRO ESTRANHO NUMA TELA ESQUISITA

Por causa de umas configurações na BIOS (leia-se: aquelas letras brancas naquela tela preta que aparecem quando você liga seu computador, ou aquela tela azul misteriosa que surge quando você (ou seu técnico de computador) aperta DEL quando o computador liga) que eu não quis fazer, eu não poderia testar meu aplicativo em um dispositivo virtual.

ClaMAN 1 x Windows Phone 2

Mas eu tenho um trunfo na manga que essa coisa desconhecia no momento: um Nokia Lumia 630 Dual Sim com Windows Phone! Só precisei registrá-lo (e isso foi mais fácil do que eu imaginava) e ligá-lo ao notebook via USB. Ele reconheceu o celular, instalou o app… Mas, de novo, deu um erro estranho. E, ainda por cima, o aplicativo não abria no celular quando eu apertava… (BUÁAAAA, estava tão perto…)

ClaMAN 1 x Windows Phone 3

Aí eu descobri que o problema era que ele não sabia direito qual era a primeira tela que tinha que abrir quando eu iniciava o aplicativo. Resolvido isso…

Tã-dã! Rodou no meu celular!
Tã-dã! Rodou no meu celular!

ClaMAN 2 x Windows Phone 3

Desde então, foi tranquilo. Consegui fazer ele mudar de telas, mostrar mensagens de erro e de aviso, fiquei duas horas batendo a cabeça mas consegui fazer ele listar itens em uma listinha maneira e complicada, selecionar itens nessa listinha maneira e complicada e etc.

Depois de terminar, enfim, meu primeiro aplicativo para dispositivo móvel (e depois de vê-lo terminado e funcionando), foi momento para resolver bugs e brincar com cores, formas e brinquedos de montar. Só que, nessas brincadeiras, deu algum problema com mensagens de notificação.

Nenhuma delas aparecia, em nenhuma das telas que era para aparecer.

Por quê isso, Windows Phone...
Por quê isso, Windows Phone…

ClaMAN 2 x Windows Phone 4

Depois de muitas consultas ao MSDN e ao Stack Overflow, muitos testes e muita dor de cabeça, eu percebi que, aparentemente, o problema não era com meu programa, mas sim com o dispositivo em que estava testando, que havia sido bugado durante meus testes…

Desliguei meu celular. Liguei de novo. Voltou a funcionar.

ClaMAN 2 x Windows Phone 4 + Windows em geral 1 = 5

Mas, enfim, terminei o aplicativo (depois de recolocar um monte de linhas de código que tinha tirado pra ver se resolvia o problema). Funcionou. Ficou consideravelmente bonito e rodou no meu celular (acho que, se roda no meu, deve rodar em qualquer celular com Windows Phone 8).

Minha mão, meu celular, meu aplicativo. Desculpem a baixa qualidade da foto, tive que tirar com um Android.
Minha mão, meu celular, meu aplicativo.

ClaMAN 3 x Windows Phone 4 + Windows 1 = 5

Outra hora eu tento de novo com Android, mas… Por enquanto, se alguma empresa estiver lendo isso e quiser programador para desenvolver aplicativos para Windows Phone, estou à disposição.

ClaMAN

P.S.: Se eu vou tentar aplicativos para iOs? Não. Muito coisa de hipster. (disse o cara que tem um Windows Phone)

P.S.2: Amanhã eu paro de falar de programação, relaxem.

B Ô N U S :

Papel de parede do meu notebook. Essa é a Neptune (ou Nep-Nep) da série HyperDimensional Game Neptunia.
Papel de parede do meu notebook. Essa é a Neptune (ou Nep-Nep) da série de jogos JRPG HyperDimensional Game Neptunia, em resolução 3843 x 2178. Outra hora eu falo mais dela e do jogo.

Autor: ClaMAN

Animes? Assisto, mas a maioria ou é de romance ou é de fantasia ou é de vida cotidiana. Jogos? Jogo, mas meu jogo preferido é um simulador de ônibus, e os outros não são populares. Livros? Li alguns e escrevo histórias (que parecem fanfics) de vez em quando. No resto do tempo, sou um estudante "normal" de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (vulgo "Programação"). Prazer.

Comente por favor! Comment Please!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s