AnimeRelacionado #7¼ – No Game No Life

No Game No Life – num mundo em que todos os problemas são resolvidos por jogos, dois irmãos gamers vão começar sua aventura.

Anúncios

Esse era para ser o 7, mas acabou sendo adiado por causa que o Sakurasou foi adiantado. Mas, enfim, se você quiser um anime bem interessante para assistir no carnaval…

adi-sd1709161-rtlb-aswd3e2-cngnl-np1-pshiro_ngnl
No Game No Life é o AnimeRelacionado de hoje.

Este mundo não é nada mais que uma droga de game.

Era o que os irmãos Sora (18 anos, NEET (Não Estudando, Estagiando ou Trabalhando), virgem) e Shiro (11 anos, antissocial, gamer) pensavam. Esses mesmos irmãos eram a verdadeira face por trás de uma lenda no mundo dos jogos: Kuuhaku (lacuna, ou apenas [] ), um jogador imbatível e invencível.

Até serem questionados por um email (que vlcsnap-2015-02-12-02h07m05s137não era spam): “Vocês já sentiram que nasceram no mundo errado?” Junto dessa frase, um link convidava-os para um jogo de xadrez online. Sendo Kuuhaku (e com a promessa de nunca perder para quem quer que fosse), ganharam o jogo. E um convite: “Não acham difícil viver nesse mundo? E se houvesse um mundo simples, onde tudo é decidido por jogos?”

Dizem que, quem é bom demais com jogos, um dia recebe um email, que contém algumas palavras e um convite para um jogo. Se ganhar esse jogo… Some deste mundo.

No Game No Life
Essa ia ser a imagem principal, mas as duas de cima ganharam o jogo.

Começa aí a aventura dos dois irmãos que são um (jogador), em uma terra de fantasia chamada Disboard, onde tudo (TUDO MESMO) é decidido por jogos (QUALQUER JOGO). Acordos entre povos, guerras, escolha de governantes… Qualquer forma de violência é proibida (porque o autor disse não gostar de (desenhar) batalhas). E eles chegam de maneira alucinante (queda livre) em um momento alucinante (quando o futuro do reino dos humanos (imanities) está em xeque).

Não é por não ter lutas e cenas de ação que essa história é parada, pelo contrário: cada jogo traz uma emoção diferente, personagens curiosos e fan-service (que sempre tenta ser permitido para menores (só tenta)). E, quando Sora e Shiro decidem que querem desafiar Tet, o deus desse mundo que os levou até lá… Sem jogos, sem vida.

Nota do ClaMAN: 9
Prós: O inesperado ajuda (na comédia e na ação), a premissa é excelente (história de aventura sem lutas), a adaptação para anime ficou muito boa.
Prós 2: Um filme foi anunciado há uns meses.
Contras: O final do anime é meio bugado.

Quer assistir? Procure. Ah, o primeiro (e único, até o momento) volume do mangá, assim como a light novel (em andamento) tem tradução em PT-BR pela editora NewPop (estou aguardando o volume 8). Fora isso, repito que o anime (12 episódios) adapta muito bem os 3 primeiros volumes da light novel. Se não achou a história interessante, pelo menos assista pelo fan service.

ClaMAN

P.S.: Shiro > Steph > Djibril > Chrammy > Izuna.

P.S.2: Melhor jogo (ou um dos melhores): Shiritori Materializador (no anime: ep. 6, 9:39; na light novel: volume 2, cap. 2).

P.S.3: O resto dos personagens e dos jogos vocês vejam por conta própria (no bônus abaixo).

B Ô N U S :

Deus (desse mundo)(o nome dele é Tet, na verdade) é um garoto brincalhão dublado pela dubladora da Taiga.
Deus (desse mundo)(o nome dele é Tet, na verdade) é um garoto brincalhão dublado pela dubladora da Taiga.
Porque sim.
Porque sim.
É cada referência que a gente vê...
É cada referência que a gente vê… Clique na imagem para ver a origem.
Quando o jogo imita tão bem a realidade que dá até medo de jogar.
Quando o jogo imita tão bem a realidade que dá até medo de jogar.
Taí um jeito simples de resolver um impasse entre duas nações (imagina se os governos do mundo copiam essa ideia? Estaríamos ferrados?).
Taí um jeito simples de resolver um impasse entre duas nações (imagina se os governos do mundo copiam essa ideia? Estaríamos ferrados?).
Outra candidata à imagem principal que foi desclassificada do jogo por ser crossover com Divine Gate.
Outra candidata à imagem principal que foi desclassificada do jogo por ser crossover (ou paródia) com Divine Gate.
Use como papel de parede, se quiser.
Use como papel de parede, se quiser. Arte do autor e ilustrador da light novel, Yuu Kamiya.

Autor: ClaMAN

Animes? Assisto, mas a maioria ou é de romance ou é de fantasia ou é de vida cotidiana. Jogos? Jogo, mas meu jogo preferido é um simulador de ônibus, e os outros não são populares. Livros? Li alguns e escrevo histórias (que parecem fanfics) de vez em quando. No resto do tempo, sou um estudante "normal" de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (vulgo "Programação"). Prazer.

Comente por favor! Comment Please!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s