Diário (Inútil) do ClaMAN #2

Animes da temporada que estou assistindo (e que acho bons) e seus resumos.

Anúncios

Mais um episódio do meu, do seu, do nosso, diário mensal inútil. Para o diário “diário”, considere seguir-me no Twitter: @cslclaman

Imagem ilustrativa. O ClaMAN não é a Tamura Hiyori (de Lucky Star) e não escreve fanfics shippando seus amiguinhos como essa personagem faz.

Meu tempo livre está diminuindo gradativamente, o que significa que o blog vai entrar de férias em breve e meu tempo para fazer coisas de lazer (dirigir ônibus, assistir animes e baixar fanarts de animes) está ficando escasso… Embora isso não signifique que eu simplesmente parei de fazer essas coisas (cinco ou seis horas de sono por dia são suficientes).

Aliás, a temporada de animes que começou em janeiro (e que já está acabando T-T) tem alguns títulos bem interessantes.


Na área do romance, resolvi ver esses mais pela curiosidade e para preencher dias vazios do que pela história:

Masamune-kun no Revenge: Sua típica comédia romântica clichê. Masamune, um garoto que era gordinho, passou a ser um narcisista obcecado com controle de calorias e malhação, tornando-se um “bishonen” (cara bonitão). Tudo isso para se vingar de Adagaki Aki, garota conhecida como “Princesa Cruel” por rejeitar e humilhar qualquer garoto que se declare a ela.

Seiren: Simulador de namoros em anime. Três garotas (Tsuneki Hikari, Miyamae Tooru e outra que ainda não assisti o episódio para saber o nome), três rotas para garotos comuns conquistarem. Se você gosta de romance sem conflitos dramáticos (como os do Masamune-kun no Revenge acima), vai fundo.

Observação: Fuuka é outro de romance, mas por conta das origens de legenda que uso, vou deixar para assistir todos os episódios juntos.


Agora, indo para comédia sem muita pretensão de ser séria (e é por isso que se chama comédia), animes cativantes surgiram:

Gabriel DropOut: Gabriel, uma anjo e melhor aluna na escola celestial, vem para a Terra para seguir seus estudos. Porém, depois que descobre o mundo dos jogos online, perde qualquer traço angelical (para terem uma ideia, tem uma demônio que é mais gentil e prestativa do que ela). O anime mostra as aventuras diárias dela, de outra anjo (meio sádica) e de duas demônios.

Kobayashi-san chi no Maidragon: Kobayashi tinha uma vidinha comum, trabalhando como programadora, até o dia em que encontrou Tooru, uma dragão (em forma humana, por conveniência), na sua porta (nota: quando beber, não suba montanhas e nem convide dragões para sua casa), se oferecendo para ser sua empregada. Daí, Tooru vai se adaptando ao mundo humano e Kobayashi conhece mais e mais dragões e seres estranhos por causa disso.


Na parte de ação (embora tenha gente que duvide da minha opinião), uma sinopse inusitada me fez assistir esse:

Youjo Senki (ou Saga of Tanya, the Devil): Um executivo, após morrer em um “acidente”, foi ressuscitado como Tanya Degurechaff, uma garota pobre, em um mundo semelhante à Europa na época da 1ª Guerra Mundial. Sem outras opções para garantir sua sobrevivência, alistou-se no exército, tornando-se uma Tenente aos dez anos e mostrando muito sangue frio e pouquíssima piedade ao ser mandada para as linhas de frente da guerra…


Por fim, um anime que me interessou pela história antes mesmo que eu começasse a assistir (e, depois que eu comecei, acabei gostando mais ainda). Se o mangá fosse lançado por aqui, eu comprava na hora.

Kuzu no Honkai (ou Scum’s Wish): Yasuraoka Hanabi e Ayawa Mugi estão saindo juntos. Mas não é como se eles estivessem apaixonados um pelo outro – na verdade, ela gosta de um professor, que considera como um “irmão mais velho”, e ele gosta de sua antiga tutora, que também despertou o interesse do professor… E, nisso, vemos até onde as pessoas (leia-se: TODOS os personagens, incluindo os que não foram citados aqui) vão para preencher sua solidão, seu vazio ou seu simples desejo sexual. Afinal, quem disse que todo mundo é certinho, puro e inocente? (Obs: cenas um pouquinho “provocativas” inclusas.)


Quem sabe eu não faça review desse último alguma hora?

ClaMAN

P.S.: Eu adoraria falar que no próximo diário vou falar de outra coisa que não sejam animes… Mas o problema é que logo começa a temporada de abril.

Autor: ClaMAN

Animes? Assisto, mas a maioria ou é de romance ou é de fantasia ou é de vida cotidiana. Jogos? Jogo, mas meu jogo preferido é um simulador de ônibus, e os outros não são populares. Livros? Li alguns e escrevo histórias (que parecem fanfics) de vez em quando. No resto do tempo, sou um estudante "normal" de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (vulgo "Programação"). Prazer.

Comente por favor! Comment Please!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s