Viagem para outro(s) mundo(s)

Como a ficção dá chances para personagens saírem de um mundo “comum” para outro cheio de aventuras.

Anúncios

Estamos em crise, cheios de problemas. O mundo está meio confuso e bagunçado ultimamente. E, além do mais, tem pessoas que não estão raciocinando direito por aí (talvez seja a pressão).

Daqui a pouco explode.

Para quem não quer se envolver com esses problemas, qualquer forma de fugir seria bem-vinda. E, como tem vários países em conflitos (internos e externos), não adianta falar “ah, o Brasil tá uma droga, vou para [insira o nome de outro país aqui]“, porque vai dar na mesma.

Mas a ficção e a criatividade criaram uma escapatória (fictícia, logicamente) para isso: viagens a outros mundos!

Imagine: em um instante, você está saindo de uma loja de conveniência após comprar um pacote de salgadinhos e macarrão instantâneo…
…E, no outro instante, acorda em um mundo de fantasia meio medieval!

Porquê essa mudança? Bem, no contexto (de Re:Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu) não importa – só importa que é um novo mundo, com outros problemas e outras oportunidades. Que tal?

Ah, mas você não quer problemas, prefere uma vida boa e um monte de mulheres (ou homens ou qualquer outra coisa, dependendo de sua orientação sexual) correndo atrás de você como em uma visual novel harém? Basta torcer para que uma maga sem sorte te invoque para ser o serviçal dela (e essa é a história de Zero no Tsukaima).

Deve ser chato ser teletransportado de um mundo comum para um mundo de fantasia, não é? Principalmente quando se é tão amado como o personagem acima.

Ah, mas desaparecer do mundo real de repente, sem aviso pode ser problemático… Então, que tal ter uma nova vida de aventuras disponível quando a vida normal terminar, por conta de alguma fatalidade (ou acidente idiota)? Ser o herói que salva um mundo alternativo pode ser legal caso não se queira reencarnar na mesma vidinha de sempre, ou não se deseje ir para o lugar “tranquilo demais” que é o Céu.

Uma nova vida de ação aguarda a quem sempre desejou por ação na vida anterior.

Se a morte por uma maneira idiota (como a do garoto acima, protagonista de Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku Wo, que morreu de susto ao achar que seria atropelado por um trator) não parece uma maneira boa de sair desse mundo para um novo, sempre dá para se aproveitar de portais e coisas do tipo, que podem abrir de repente e mostrar outro universo.

Aí você é um militar que vai explorar um portão gigantesco que apareceu no meio da cidade. Esse portão sai em outro mundo (que tem uma gothic lolita). Está aí uma boa aventura.

A ideia de Gate: Jieitai Kanochi nite, Kaku Tatakaeri é essa. Mas você pode argumentar: “E se eu não quero viver aventuras? E se eu quero seguir uma vida tranquila e só quero fugir desse mundo problemático?”

Para esse caso, sempre existe a solução de simular um mundo melhor e esquecer dos problemas da vida real. Melhor jeito de fazer isso?

Jogos. Visual Novels. Animes e relacionados. Séries. Mais jogos. Sair de casa é para os fracos.

@cslclaman

P.S.1:

  • Quarta-feira: essa postagem.
  • Quinta-feira: especial. Aguardem.
  • Sexta-feira: Imagem e Postagem 2 #9.
  • Sábado: se eu estiver inspirado, tem postagem.

P.S.2: A primeira imagem é a abertura de Gabriel DropOut. A última é (de novo) a Kirino de Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai.

P.S.3: Estou tão oriental que não lembrei exemplos de ir para outro mundo em séries e filmes americanos.

Autor: ClaMAN

Animes? Assisto, mas a maioria ou é de romance ou é de fantasia ou é de vida cotidiana. Jogos? Jogo, mas meu jogo preferido é um simulador de ônibus, e os outros não são populares. Livros? Li alguns e escrevo histórias (que parecem fanfics) de vez em quando. No resto do tempo, sou um estudante "normal" de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (vulgo "Programação"). Prazer.

Comente por favor! Comment Please!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s