Greves

Greves, paralisações e movimentos sindicais em geral. O próximo pode afetar você…

Anúncios

(Não, o Utilis não vai entrar de greve – eu sei que meu salário de editor é ridiculamente baixo (0 reais por postagem), mas meu chefe (eu mesmo) já me deu aumento (qualquer coisa% de 0 = 0).)

O ato de greve é a expressão máxima do trabalhador (ou melhor, do sindicato, mas isso é detalhe). No passado, greves eram organizadas como forma de pressionar os patrões (donos das máquinas e da grana toda) a darem direitos e benefícios (que, durante a Revolução Industrial, eram solicitações como “menos que 16 horas de trabalho”)).

Na verdade, atualmente greves são organizadas pelos mesmos motivos (só que, hoje em dia, ainda temos uma legislação mais ou menos decente).

Enfim, greve é a paralisação de serviço. Ou seja, se eu resolvesse entrar de greve de publicar postagens, não teriam postagens novas (ou seja, nenhuma mudança na situação atual). Quando operários de metalúrgicas entram em greve, para a produção. Quando Se deputados entram em greve (também chamado de “recesso”), não são criadas leis.

Nesses casos, a greve só afeta quem depende diretamente do serviço dos grevistas (nos exemplos acima: eu mesmo, o patrão da metalúrgica e a população respectivamente). Porém, e se a greve for de bancários? E se a greve for de coletores de lixo? E se a greve for de motoristas de ônibus?

O sindicato decide, os trabalhadores param e quem é diretamente afetado são os usuários dos serviços (nos exemplos acima: clientes dos bancos que vão ficar esperando horas para resolver problemas bestas, pessoas que terão que desviar de pilhas de lixo malcheirosas nas ruas, passageiros esperando horas no ponto, respectivamente).

Eu sei que tem um monte de pessoas felizes nessa foto – não sei porquê, afinal, só tem 40% de ônibus rodando…

Sim, são as greves mais perceptíveis, que mais afetam o cotidiano das pessoas. Ou seja, o objetivo (mostrar o valor do serviço prestado e forçar motivar os patrões a dar o benefício/direito solicitado reconhecendo essa importância) foi alcançado.

Mas, por exemplo, ao acabar uma paralisação do transporte coletivo, após o aumento (ou o que quer que seja) ter sido concedido (ou não), torça para não ser motorista de ônibus e, se for, melhor tomar cuidado para não ser visto sozinho na rua à noite, pois sempre tem pessoas (passageiros, no caso) que guardam mágoas…

ClaMAN

P.S.: Greve de ônibus em Sorocaba já está ficando tão normal (hoje teve, segunda-feira tem de novo, provavelmente) que os ônibus já tem até tabela de horários específica para greve.

Autor: ClaMAN

Animes? Assisto, mas a maioria ou é de romance ou é de fantasia ou é de vida cotidiana. Jogos? Jogo, mas meu jogo preferido é um simulador de ônibus, e os outros não são populares. Livros? Li alguns e escrevo histórias (que parecem fanfics) de vez em quando. No resto do tempo, sou um estudante "normal" de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (vulgo "Programação"). Prazer.

Comente por favor! Comment Please!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s