Coisas que é melhor não fazer nas férias escolares

Antes de fazer alguma coisa, pense se você não está fazendo isso errado… E pense se deveria fazer isso nas suas férias.

Ainda estamos no meio de janeiro. Isso significa pelo menos mais 15 dias de férias para aqueles que vão voltar às aulas no começo de fevereiro.

Férias significam muitas oportunidades para fazer coisas, incluindo essas opções para quem não quer desperdiçar os dias sem aulas, cursos, trabalhos e etc. O problema é que recebi inúmeros comentários (leia P.S.1) de gente que entendeu mal (ou melhor, não entendeu) o que tentei falar na postagem anterior, então vamos lá:

Coisas que você não deveria fazer nas férias escolares

Tentar invadir uma escola: Tem instituições de ensino que oferecem cursos e atividades nas férias mas, se a escola onde você estuda não é desse tipo, não insista. Se você quer estudar nas férias, procure outras escolas na sua cidade ou cursos online, mas não fique amolando os professores de escolas em recesso, não tente seduzir os seguranças e nem tente pular portões ou muros só pra entrar na escola. Mesmo que suas intenções sejam boas, não me responsabilizo por invasões à propriedade alheia.

Achar que está num shopping quando vai a um museu: Museus são locais para você contemplar obras de arte e relíquias por lá, e não para ficar tirando selfies, comendo e sujando tudo, brincando com as obras expostas, gritando… Não me responsabilizo por broncas e expulsões.

Se perder em uma floresta ou coisa parecida: Ok, você gosta de aventura? E acha que vai ser legal entrar em uma floresta, ou visitar uma ilha isolada, ou andar por um deserto inexplorado… Pode até ser, mas quando a bateria do celular acabar e você não souber mais onde está, quem é ou qual é o caminho de volta, te desejo sorte para sair vivo e inteiro. Não me responsabilizo por choro ou por ossos quebrados.

Destruir sua casa para reconstruí-la depois: Nem sempre estamos satisfeitos com o que temos. Mesmo assim, não acho que uma nova casa fique pronta e habitável em um mês (ou menos, dependendo da duração das suas férias). Além disso, em nossa sociedade capitalista, nada sai de graça – e digamos que uma reforma seja mais barata que uma construção do zero. Não me responsabilizo por gastos com pedreiros e aluguel durante a reconstrução.

Reclamar de salário de trabalho temporário: É ótimo que você tenha conseguido um estágio ou treinamento temporário, mas lembre-se que você provavelmente não vai trabalhar muito tempo nesse lugar e que não compensa pedir aumento. Aliás, como vai provar que seu trabalho (de estagiário) merece aumento? “Ah, chefe, reconheça meus dois dias de trabalho duro…”. Não me responsabilizo por demissões.

Na dúvida, pense antes de fazer certas coisas, ou nem faça. Para esses casos, existe Netflix, Steam e outras coisas para passar o tempo.

ClaMAN

P.S.1: Colocar que recebi inúmeros comentários é emocionante, mas na verdade ninguém comentou sobre a postagem anterior.

P.S.1,5: Não seja um ninguém: comente alguma coisa.

P.S.2: Steins;Gate é ótimo. É demorado para ler (de 30 a 50 horas, segundo o VNDB – isso implica muito texto), mas é ótimo. Não terminei ainda (8 horas de jogo por enquanto), mas ainda é ótimo.

Tradução: “Eu suponho que, da sua perspectiva, parece que somos nós que estamos dentro do monitor. Hehehe, mas é nesse ponto em que você se engana!”

P.S.3: Não, ainda não fiz a agenda de 2018. Talvez eu nem faça. A vida sem um roteiro pode ser boa também… (só que, sem a agenda, a garantia de uma postagem por semana (no mínimo) fica ameaçada).