Já é 1º de setembro e não recebi minha carta para Hogwarts. O que eu faço?

Resumo da saga Harry Potter para quem, assim como eu, não foi chamado para estudar em Hogwarts.

Anúncios

Assim como eu disse naquela postagem sobre inícios de anos letivos, cada lugar tem uma época diferente para iniciar suas aulas. E isso inclui a famosa Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, da saga Harry Potter, que começou hoje, mais uma vez, suas aulas.

Hogwarts, Hogwarts, ó querida Hogwarts, vem nos ensinar…

Porém, se você, por mais um ano seguido, não recebeu até hoje sua cartinha de uma coruja, garantindo sua vaga na escola… Tenho uma notícia complicada para te dar: talvez você, assim como eu e várias outras pessoas, seja apenas mais um trouxa comum (não estou te ofendendo). Não fomos contemplados com poderes mágicos, habilidade de voar em vassouras e estudar coisas mágicas em um castelo inglês da idade média.

Bem, nosso mundo é do lado de cá da plataforma…

Porém, posso ser um trouxa, mas tenho um blog. Seguindo a linha de postagens especiais em dias especiais para séries famosas, posso te ajudar a superar a depressão de ter que continuar estudando em uma escola/faculdade normal (leia-se: não-bruxa) com um resumo da série Harry Potter.

Nota: se quiser imagens de animes, veja aqui (não recomendo).

Harry Potter e a Pedra Filosofal: Harry Potter, um garoto “comum” (com uma cicatriz de raio na testa, não sei se isso é comum), descobre que é um bruxo e que, quando era bebê, acabou com um bruxo malvado (Voldemort) (e ficou famoso por isso) que matou seus pais. Ele vai pra Hogwarts e lá aprende a jogar quadribol, fazer magias e evita que o que sobrou desse bruxo malvado pegue a Pedra Filosofal.

Harry Potter e a Câmara Secreta: Harry quase não consegue chegar em Hogwarts e, quando chega (depois de uma viagem em um carro voador), descobre que um tal de “Herdeiro de Sonserina” quer acabar com os “sangue-ruins” (bruxos com pais trouxas) da escola. Ninguém morre (na verdade, uma cobra gigante morre) e Harry descobre que era o bruxo malvado (Voldemort) tentando voltar por meio de um diário que Gina (irmã de Rony (amigo dele)) pegou.

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban: Sirius Black, um bruxo que dizem que é do mal e que quer pegar o Harry, foge de Azkaban (prisão dos bruxos). Nisso, Harry ainda tem que enfrentar dementadores (seres que sugam felicidade e são guardas de Azkaban), lidar com um professor lobisomem e, por fim, descobrir que quem traiu seus pais foi o rato de Rony e não Sirius (que, aliás, é seu padrinho).

Harry Potter e o Cálice de Fogo: Hogwarts sediará o Torneio Tribruxo, que é um campeonato entre ela e outras duas escolas de magia. Só alunos com 17 anos ou mais podem participar, e só é escolhido um campeão de cada escola. Como Harry é o protagonista, ele acaba entrando nesse torneio (de penetra) e enfrenta um dragão, é obrigado a salvar seus amigos afogados no Lago Negro mesmo sem saber nadar e acaba preso em um labirinto no meio disso. Hogwarts ganha o torneio, mas Edward Cullen antes de Crepúsculo, quer dizer, Cedrico (o outro campeão de Hogwarts) morre e Voldemort, o bruxo do mal, ressuscita (então não foi bem uma vitória).

Harry Potter e a Ordem da Fênix: Como Voldemort voltou, a Ordem da Fênix (uma instituição sem fins lucrativos destinada a lutar contra Voldemort e seus comensais) também volta. Como o bruxo do mal ainda não se manifestou publicamente, Harry começa a sofrer bullying na escola por acharem que ele estava mentindo, e aulas de defesa contra artes das trevas são banidas. Harry não se deixa abalar, começa a namorar uma garota japonesa, monta um grupo de batalha e vai ele mesmo deter Voldemort de pegar uma profecia que dizia que ele (Harry) era o escolhido. Mortos e feridos no meio, finalmente as pessoas viram que Harry e Dumbledore (diretor de Hogwarts) estavam falando sério sobre Voldemort.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe: Voldemort, o bruxo do mal, começa a espalhar o medo por aí. Dumbledore e Harry começam a estudar a vida de Voldemort para descobrir como o cara não morreu ainda (resposta: vaso ruim não quebra). Isso tudo enquanto pessoas quase morreram por aí (porque um idiota queria matar Dumbledore sem chegar perto dele) e outras se mordiam de ciúmes. Junte a isso mais um romance (Harry e Gina), um livro de poções suspeito e pedaços da alma do cara malvado espalhados por aí… Só pra constar, no final, Snape (professor de poções) mata Dumbledore e aí o mundo da magia fica tenso mesmo.

Harry Potter e as Relíquias da Morte: Hogwarts acaba sendo dominada por comparsas de Vold… Você-sabe-quem (porque a partir desse ponto quem ousa falar o nome dele não tem um final feliz). Nisso, Voldemort sai pra procurar uma varinha superpoderosa, enquanto Harry, Rony e Hermione (amiga deles, importante para a história, mas não para esse resumo até agora) saem pra procurar Horcruxes (pedaços da alma de Você-sabe-quem). Brigas, lutas, mortes, perdas… Até que, em Hogwarts, acontece a segunda Grande Guerra Bruxa (ou algo assim) e, finalmente, com coragem, trabalho em equipe, sacrifícios e etc, o bem vence o mal, Harry mata Voldemort de vez e, de quebra, vira “Senhor da Morte” (porque tem uma capa da invisibilidade, uma varinha superpoderosa e uma pedra que traz mortos à vida)(se bem que ele abre mão da varinha e joga fora a pedra). Dezenove anos depois (aliás, foi hoje), é hora do filho caçula de Harry entrar em Hogwarts e viver suas próprias aventuras.

Ficou tão grande que quase perco o dia certo de postar. Boa noite e bons feitiços.

ClaMAN

P.S.: Acreditem ou não, eu seria da Sonserina. Mas não achem que sou malvado.

Cenas marcantes de beijos para ver no dia do beijo, segunda edição

…Porque a primeira não foi suficiente.

O Twitter ficou me enchendo o saco que hoje é dia do beijo (de novo) e, como eu fiquei devendo algumas cenas yuri na postagem sobre o (primeiro) dia do beijo desse ano…

Hoje, de novo, é dia de pensar em beijos (ou em quem você gostaria de beijar (consentidamente, por favor)). Também é dia de sentir falta de dar uns beijinhos (de novo citando o Twitter… Tem gente que está sem esse tipo de “contato” há mais tempo que este autor).

Enfim, se na primeira postagem eu atendi o público “geral”, agora é hora de ser esquerdista liberal e atender o público LGBT.

(Aviso: daqui para baixo tem spoilers de (animes:) Naruto (hã?), Kuzu no Honkai (de novo), Sakura Trick, (séries:) The L Word. Se não quiser ver cenas que podem revelar sobre a história, beije veja de olhos fechados.)

(Aviso 2: Se procura por cenas mais heterossexuais, recomendo que pare com essa homofobia e depois veja a postagem anterior sobre dia do beijo.)

Continue Lendo “Cenas marcantes de beijos para ver no dia do beijo, segunda edição”

O que NÃO fazer em um dia dos namorados (2)

Você é uma pessoa que namora? Você quer zoar a pessoa que namora? Se você tem certeza das duas respostas, essa postagem pode ser interessante.

Esse, ao contrário do primeiro, é para quem tem namorado, namorada ou o que quer que seja.

Casal de Tamako Market. Arte por Momose.

Se você namora alguém, deve ser porque gosta da pessoa, talvez até pense em um futuro a dois (ou a três, quatro, etc (leia-se: filhos)).

Dependendo do seu romantismo e da sua situação financeira, deve ter planejado algo para hoje – jantar, encontro, presentes, noite especial… E não espera que algo dê errado.

Essa parte do encontro foi depois de assistir um filme. (Nota: antes de rir, pense que toda forma de amor é válida)

Porém, se você tem espírito zoeiro, adora ver a desgraça alheia e já tem ideias de como vai curar os corações partidos depois dessa brincadeira (recomendo chocolates, presentes, viagem para algum lugar muito bom e muito amor), tente isso.

Lembrando que eu sou imune a qualquer tipo de reclamações de “ah, deu errado”. Não testei isso e, de qualquer forma, como testaria? (afinal, terminar um namoro que nem existe é impossível até onde eu sei).

Se não quer assistir o vídeo (ou um dos similares, existem milhares de vídeos que fazem a mesma coisa), eu explico por texto:

  1. Entre em contato com a pessoa que você namora (ajuda se você passar algum tempo meio distante dela)
  2. Avise que a situação não está boa (se usar metáforas, ajuda – ou pode fazer igual o vídeo que coloquei e usar versos de músicas sobre dor de cotovelo (Adele?)).
  3. Desvie de qualquer pergunta que a pessoa fizer
  4. Conclua assumindo que está terminando o namoro, cada um pro seu lado, um dia vou encontrar alguém como você (Adele²). É importante mostrar sua firmeza nessa decisão.
  5. Veja a reação e prepare-se para o drama. Lembre-se que tudo pode dar errado e a pessoa realmente terminar o namoro. Esteja preparado para uma DR (discussão de relacionamento).

Não me responsabilizo por casais terminados. Se quiser culpar alguém, culpe a Laís Vieira Sinecelli Meirel.

ClaMAN

P.S.1: Esperava algo romântico ou fofinho? Só à noite.

P.S.2: Esperava imagem da Taiga e Ryuuji? Só à noite.

P.S.3: Anúncio interessante (ou não) à tarde.

May the force be with you

Hoje é um ótimo dia para falar de Star Wars.

Ou “May the Fourth be with you” (da série: trocadilhos que perdem totalmente o sentido quando traduzidos para qualquer outro idioma) (Leia P.S.3).

Hoje é o Star Wars Day, um dia para nerds, geeks ou qualquer outra pessoa fã da série celebrarem e falarem sobre a série. Então, que tal eu (tentar fingir que sei alguma coisa sobre esse mundo numa galáxia nem tão distante assim e) comentar sobre os filmes?

Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança: Lançado em 1977, é o primeiro lançado, mas o quarto em ordem cronológica. Para alguns, por ser o primeirão, é o melhor. Detalhe que ele só recebeu seu subtítulo depois do lançamento do segundo filme da série (já que o George Lucas nem tinha certeza se teria segundo filme da série na época que lançou).

Se quiser ler um resumo dele, pode ver aqui, pois eu não tive tempo nem muita vontade pra assistir ainda.

Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca: Lançado em 1980, teve dificuldades na produção e recebeu críticas mistas, mas tornou-se bem popular com o passar dos anos. Aliás, é dele que vem aquela frase: “Eu sou seu pai” (NÃAAAAAO, spoiler!).

Outro que eu não faço a mínima ideia da história, então leia o resumo aqui e seja feliz.

Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi: Sua data de lançamento é 1983 (repare que eles tem mais pontualidade que esse blog: a cada 3 anos, um filme novo). Esse filme encerra o que se chama de “trilogia clássica”.

Pela terceira (e não última) vez nesse post, leia o resumo aqui.

Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma: Na ordem temporal dos eventos da série, esse é o primeiro, mas foi o quarto filme lançado, em 1999, 16 anos depois do lançamento do Episódio VI. Também é o primeiro filme da “trilogia do prelúdio”, ou “nova trilogia”.

Você pode ver o resumo aqui, mas com o calor do lançamento do VIIº episódio em 2015, eu resolvi assisti-lo e fazer comentários sobre ele.

Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones: O segundo em ordem temporal e o quinto filme lançado, no ano de 2002 (voltando aos lançamentos a cada 3 anos). Só não rendeu mais bilheteria porque Homem Aranha e O Senhor dos Anéis foram lançados no mesmo ano, porque muitos dizem que o filme é bom (e talvez eu assista-o esse ano, quem sabe…).

Resumo dele aqui nesse link.

Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith: Último da “trilogia do prelúdio”, e o sexto filme lançado. Sua estreia foi em 2005. Teve boas críticas e liga a história dos dois anteriores com a “trilogia clássica” (ainda bem, porque imagina fazerem duas séries com o mesmo nome sem conexão?).

Resumo aqui.

Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força: Lançado em 2015, depois de dúvidas e especulações entre os fãs da série durante 10 anos (período no qual a Disney comprou a Lucasfilm e deixou o povo bem receoso), o filme conseguiu “resgatar a essência dos originais ao mesmo tempo em que dá cara nova à franquia” (CINEPOP, 2015).

Esse não tem resumo. Assista e depois conte pra gente.

Outros: Tem séries spin-offs como a animação The Clone Wars, Rogue One, além de uns montes de jogos, brinquedos, desenhos e conteúdo à parte, fora as teorias e fanfics que existem nos “submundos” por aí.

Enfim, se já conhecia os filmes e a série em geral, você pode se divertir com nossa série Numa galáxia nem tão distante assim (afinal, é sempre legal ver as piadas e curiosidades sabendo suas origens).

ClaMAN #QueAForçaEstejaComVocê

P.S.1: Aqui acaba minha hora extra. Se quiserem mais, comentem “Volta Darmstadtio”.

P.S.2: Com essa postagem, não esperem postagens amanhã ou sábado.

P.S.3: Porque o Star Wars Day é hoje? Porque “May the force be with you” (Que a força esteja com você, frase comum no universo Star Wars) pode ser dito mais ou menos como “May the Fourth be (…)”. May, em inglês, é maio. Fourth é o número quatro ordinal. Então, “Que o quarto [dia] de maio esteja com você”, em tradução que perde totalmente o efeito.

P.S.4: Essa postagem foi patrocinada e apoiada pela trilha sonora de Star Wars composta por John Williams. Eu recomendo.

B Ô N U S :

Se eu não colocasse nenhuma referência a anime aqui no meio, ia sentir que ficou muito “ocidentalizado”.

Sexta-feira Santa, ou sexta-feira anual do peixe

Um dia para se comer peixe.

Hoje é feriado – Paixão de Cristo. Tradicionalmente, nesse dia não se come carne. Como grande parte das pessoas não consegue (ou não quer) substituir o bife ou o lombo por um refogado de legumes, resta a tradicional carne branca, ou melhor: peixe.

Exemplo de peixe (se bem que seria cruel comer o Nemo).

(garanto que você, que deixa tudo para última hora, deve ter encarado tanto problema procurando peixe hoje quanto teria se fosse procurar o Nemo)

Pronto, exemplo melhor de peixes para consumo. Levando três você ainda ganha um camarão de brinde.

Estamos perto da Páscoa? Sim, mas não é hora de pensar em coelho assado, colomba pascal e nem em ovos de chocolate. Deixemos essas coisas para daqui a dois dias.

Se você aproveitou que era feriado para dormir até tarde e esqueceu de comprar um peixe, sempre dá pra fritar um ovo. Ou, se estiver nervoso…

Pescar seu próprio almoço é sempre uma opção.

Considerando que você tem a matéria-prima em mãos (o peixe), basta fazer o produto final (peixe assado, peixe frito, sushi (pera, sushi conta?) ou qualquer outra comida com peixe).

Por exemplo, essa bacalhoada parece muito boa.

Seria legal se essa postagem fosse terminar com alguma piada, ou de repente fosse uma propaganda (de peixaria, restaurante de frutos do mar ou coisa assim), mas eu estou sem ideia para um final cômico e o Utilis Inutilis é tão inútil que não tem patrocinadores. Então, bom feriado.

ClaMAN

P.S.: A 3ª imagem (fanart por Cuon) é da Akebono, do jogo Kantai Collection.

P.S.2: A bacalhoada acima é de autoria desconhecida, porque a bacalhoada daqui de casa estava tão boa que quase não sobrou para a janta (não ficaria legal eu tirar foto de uma tigela só com metade de bacalhau, não é?).

P.S.3: Considerem isso como um Imagem e Postagem 9 1/3.

Cenas marcantes de beijos para ver no dia do beijo

Cenas de beijos marcantes – se não viu, agora é a hora.

Hoje é dia do beijo, kiss day, ou o dia do “O estilo de beijo de cada signo”, ou o dia do “Selinho não conta”.

Sendo dia do beijo, isso não faz muita diferença para pessoas como eu (nerds em geral, pessoas com tendências antissociais e friendzonados). Porém, para outras pessoas, esse dia tem mais significado (ou não).

Enfim, como eu já usei a piada do beijinho no ano passado, e eu realmente não sou um expert nessa área “oscular” (*veja P.S.1), estava (e ainda estou) sem ideias (*veja P.S.2) do que postar hoje, mas é melhor uma postagem do que nenhuma, não é?

Então, hoje é dia de rever alguns beijos épicos de filmes e tals (segundo uns sites de notícias (*de novo, veja P.S.2) porque o último filme que eu assisti inteiro foi Kizumonogatari).

AVISO: Contém spoilers de Harry Potter, Homem Aranha, A Dama e o Vagabundo, Toradora e também da Bíblia (Kuzu no Honkai também, mas como tem beijo desde o primeiro episódio nem seria spoiler). Leia com os olhos fechados se não quiser descobrir como as histórias acabam.

Continue Lendo “Cenas marcantes de beijos para ver no dia do beijo”

Hyperdrive 2.0

Cada post-propaganda desses está custando milhões só pq é postado no horário nobre. Por favor, se inscreva logo e ajuda acabar com essa ganância.

Olá!
Dessa vez o apresentador com voz seduzente e língua presa vai tentar não engasgar toda vez que for falar “Chrome” e “32”.
Será que ele vai conseguir?

 

Não conhece o canal do Darmstadtio no Youtube?
Tá esperando o que pra conhecer e se inscrever?
Uma voz seduzente dessas tem que ser ouvida!

 

Darmstadtio Se inscreva no canal pf

Não deixe de ver nossos Posts relacionados a essa coisa maravilhosa e complicada chamada informática:
Categoria: T.I. – Tecnologia da Informação
Categoria: Diário de um T.I.
Sub-Categoria: Área de Suporte. 
Tag: PC – Problemas em computadores