AnimeRelacionado #7¼ – No Game No Life

No Game No Life – num mundo em que todos os problemas são resolvidos por jogos, dois irmãos gamers vão começar sua aventura.

Anúncios

Esse era para ser o 7, mas acabou sendo adiado por causa que o Sakurasou foi adiantado. Mas, enfim, se você quiser um anime bem interessante para assistir no carnaval…

adi-sd1709161-rtlb-aswd3e2-cngnl-np1-pshiro_ngnl
No Game No Life é o AnimeRelacionado de hoje.

Este mundo não é nada mais que uma droga de game.

Era o que os irmãos Sora (18 anos, NEET (Não Estudando, Estagiando ou Trabalhando), virgem) e Shiro (11 anos, antissocial, gamer) pensavam. Esses mesmos irmãos eram a verdadeira face por trás de uma lenda no mundo dos jogos: Kuuhaku (lacuna, ou apenas [] ), um jogador imbatível e invencível.

Até serem questionados por um email (que vlcsnap-2015-02-12-02h07m05s137não era spam): “Vocês já sentiram que nasceram no mundo errado?” Junto dessa frase, um link convidava-os para um jogo de xadrez online. Sendo Kuuhaku (e com a promessa de nunca perder para quem quer que fosse), ganharam o jogo. E um convite: “Não acham difícil viver nesse mundo? E se houvesse um mundo simples, onde tudo é decidido por jogos?”

Dizem que, quem é bom demais com jogos, um dia recebe um email, que contém algumas palavras e um convite para um jogo. Se ganhar esse jogo… Some deste mundo.

No Game No Life
Essa ia ser a imagem principal, mas as duas de cima ganharam o jogo.

Começa aí a aventura dos dois irmãos que são um (jogador), em uma terra de fantasia chamada Disboard, onde tudo (TUDO MESMO) é decidido por jogos (QUALQUER JOGO). Acordos entre povos, guerras, escolha de governantes… Qualquer forma de violência é proibida (porque o autor disse não gostar de (desenhar) batalhas). E eles chegam de maneira alucinante (queda livre) em um momento alucinante (quando o futuro do reino dos humanos (imanities) está em xeque).

Não é por não ter lutas e cenas de ação que essa história é parada, pelo contrário: cada jogo traz uma emoção diferente, personagens curiosos e fan-service (que sempre tenta ser permitido para menores (só tenta)). E, quando Sora e Shiro decidem que querem desafiar Tet, o deus desse mundo que os levou até lá… Sem jogos, sem vida.

Nota do ClaMAN: 9
Prós: O inesperado ajuda (na comédia e na ação), a premissa é excelente (história de aventura sem lutas), a adaptação para anime ficou muito boa.
Prós 2: Um filme foi anunciado há uns meses.
Contras: O final do anime é meio bugado.

Quer assistir? Procure. Ah, o primeiro (e único, até o momento) volume do mangá, assim como a light novel (em andamento) tem tradução em PT-BR pela editora NewPop (estou aguardando o volume 8). Fora isso, repito que o anime (12 episódios) adapta muito bem os 3 primeiros volumes da light novel. Se não achou a história interessante, pelo menos assista pelo fan service.

ClaMAN

P.S.: Shiro > Steph > Djibril > Chrammy > Izuna.

P.S.2: Melhor jogo (ou um dos melhores): Shiritori Materializador (no anime: ep. 6, 9:39; na light novel: volume 2, cap. 2).

P.S.3: O resto dos personagens e dos jogos vocês vejam por conta própria (no bônus abaixo).

B Ô N U S :

Continue Lendo “AnimeRelacionado #7¼ – No Game No Life”

E então eu resolvi assistir Star Wars…

Após a estreia do 7º episódio dessa série popular chamada Star Wars, ClaMAN resolve ver o 1º.

Na verdade, assisti no dia 18… Só que a inspiração para escrever estava em outra galáxia.

star-wars-episode-1-posterComo raios eu fui assistir isso: As postagens do dia 17 dão uma ideia pra vocês.

Até onde eu assisti isso: Por enquanto, apenas o filme Episódio I – A Ameaça Fantasma

Pretendo continuar assistindo: Digamos que, se é pelo bem dos leitores e para subornar o Darmstadtio, eu continuo.

Há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante…

Continue Lendo “E então eu resolvi assistir Star Wars…”

AnimeRelacionado #5½ – Kantai Collection

Agora, em alto mar: Vejamos um anime baseado em um jogo cuja temática é sobre garotas que representam navios, Kantai Collection!

Aí você achava que os japoneses não podiam inventar mais nada bizarro. E então eles criam um jogo em que navios de batalha japoneses da época da Segunda Guerra Mundial são caracterizados como garotas kawaii.

Depois disso, mesmo você achando que mais nada poderia aparecer, eles fazem uma adaptação em anime desse jogo.

Aí tem algumas das mais de 50 garotas-navios.
Aí tem algumas das mais de 50 garotas-navios.

KANTAI COLLECTION – KANCOLLE – THE ANIME

O anime nada mais é do que a adaptação do jogo, então é melhor começar falando sobre o jogo.

Para começar, é um daqueles jogos de navegador. Depois, mesmo tendo 2 milhões e meio de jogadores registrados, ainda só tem em japonês (não tem em inglês).

A jogabilidade é a seguinte: você é o almirante, e comanda uma esquadra de Kanmusu (garotas-navios, em tradução extremamente livre). Ou seja, é sua responsabilidade abastecer, consertar e deixar os navios as garotas prontas para o combate. No jogo, as batalhas são contra outros “almirantes”, ou seja, outros jogadores.

Fonte: Wikipedia, a enciclopédia livre que qualquer um pode editar

Mas, como essa é a série AnimeRelacionado, e não a série Games of ClaMAN (para o bem de todos os leitores), vamos ao que interessa logo de uma vez por todas: o anime.

Em um mundo onde a humanidade encara a ameaça de monstros chamados “abissais”, garotas especiais com roupas de colegiais repletas de armas e espírito de navios de guerra históricos são as únicas que podem deter essas ameaças.

Enquanto não estão em batalhas, o anime é um slice of life em que elas conversam, brincam, treinam, há todo aquele drama de “eu preciso ficar forte”… E é isso. Aí tem outras batalhas, “você precisa superar isso”, “temos que trabalhar em equipe”, etc.

Nota do ClaMAN: 7,5
Prós: MÚSICA DE ENCERRAMENTO LINDA, ideia original e... Hmmm... Garotas?
Contras: Drama típico de histórias slice of life (veja no P.S. o que é isso), vários clichês de animes (tenho que me esforçar!/ não esconda seus sentimentos/ etc...), COMO RAIOS ELAS ESQUIAM NA ÁGUA?

Além do jogo, a primeira temporada do anime já foi concluída e tem boatos de uma segunda temporada.

Vejam por conta e risco, é é interessante pela ideia de… Garotas-navios. Se fizerem igual eu e assistirem apenas pela música de encerramento, não vão se arrepender.

ClaMAN

P.S.1: N-n-não é como se eu estivesse gostando, viu? Eu só… Estou assistindo porque não tenho nada melhor para fazer… Seu baka!

P.S.2: Slice of Life é um gênero que conta a vida cotidiana de uma ou mais pessoas. Normalmente é mais cômico, mas tende a ser muito “parado”. Não recomendado para pessoas que esperam por ação e agitação o tempo todo.

P.S.3: AnimeRelacionado #6: Angel Beats!

B Ô N U S :

  • Para você que veio até aqui procurando yuri, um link:

Danbooru/Kantai_Collection+Yuri.

  • Para você que veio ver a Shimakaze, uma imagem:
Shimakaze, destróier japonês de 1942
Shimakaze, destróier japonês de 1942
3d1fdf431f7356bf5cb31a1bc18e15c9
Shimakaze, a do jogo/anime Kantai Collection

 

  • Para você que só veio olhar, te mostro UMA DAS MÚSICAS MAIS MANEIRAS DE ENCERRAMENTO DE ANIME QUE EU JÁ OUVI DESDE O PRIMEIRO ANIME QUE EU ASSISTI:

Só mais 5 minutinhos

Ou talvez uns 7 minutos…

No mês passado passamos por uma agenda de compromissos muito apertada e depois da metade do mês, quase não tivemos postagens novas.
Estávamos ocupados aproveitando de uma grandiosa o gigantesca quantidade de Nada.

Mas tudo vai ficar bem.
Só quero mais 5 minutinhos pra terminar de ver esse .gif

Looong gif

 

Darmstadtio

Duas guitarras, baixo, bateria, (teclado,) vocal e três acordes

13 de julho (não é uma sexta-feira): Dia de ouvir um pouco de rock e seus diferentes estilos.

tag_videos

E aí, pessoas de plantão, hoje é mais um Dia do Rock, ou “Dia do Estilo Musical Difícil de Definir e que Tem Um Monte De Vertentes”

banda-99-macacos-rockHoje é dia do estilo musical que tem bases no blues, country, rock & roll, e também na música erudita (oras, já viram show de banda de rock com orquestra que tenha sido ruim?).

QUEEN – Bohemian Rhapsody
(Arranjo para orquestra e viola solo)

SCORPIONS – Hurricane 2000
(Rock You Like a Hurricane)

Hoje é dia do estilo musical que, de uma maneira ou de outra, agrada a praticamente todo mundo (com seus muitos subgêneros, subestilos, vertentes, etc: pop, progressivo, heavy metal, folk, sinfônico, dark, punk…).

BAUHAUS – Too Much 21st Century

Hoje é dia do estilo musical com diversos astros, estrelas, famosos, ídolos, fãs, nomes marcantes, referências, grupos e grupos formados de outros grupos e grupos reformados.

ELVIS PRESLEY – Burning Love

Na verdade, eu nem sei por que hoje é Dia do Rock. Então, pra acabar, mais uma música aí pra vocês:

DEEP PURPLE – Black Night
(Montreux 1996)

ClaMAN

P.S.: Pra vocês que aceitam a definição do Dicionário escolar da língua portuguesa, da Academia Brasileira de Letras, então hoje é…

11750708_984590591562724_458646902194359428_n

P.S.2: Quanta zoeira, não…

B Ô N U S :

Achei essa música enquanto estava procurando as lá de cima.

Você quer namorar meu avatar?

Sabe aquele personagem que você passa horas criando, arrumando o nariz, aumentando a bochecha, colocando roupas e avançando suas habilidades?
Seja no The Sims, no Skyrim, no GTA ou em qualquer outro jogo que você monta seu personagem.

Quantas vezes você já se apaixonou por algum que tenha visto por aí?

Poderia ser uma pessoa, mas é apenas um personagem do The Sims.
Poderia ser uma pessoa, mas é apenas um personagem do The Sims.

Isso é pior ainda em jogos online, onde seu/sua pretendente te pede por itens caros e especiais. Acabando com seu cash do jogo e sem garantia de que ela seja sua. Até parece vida real.

Mas, pouco importa.
Ela é tão fofa, as animações são tão boas, ela é perigosa, ela é doce, ela é tão linda, ela gosta das mesmas coisas que eu e ainda  joga meu jogo favorito…
Porquê não namorar com esse avatar?

(Se necessário, ative as legendas)

Só namoro se der espada +7 de ataque encantada com chama flamejante 3

D
armstádtio

Probabilidades

Um editor que tira 0 em matemática desde a 5ª série falando de probabilidades… O que pode dar de errado?

Veja esse GIF Ou Não

Ok, ok…

A probabilidade de uma garota chutar a bola é de 0,0001%

Ela teria 9 alvos demarcados e ainda a parede. Qualquer um desses locais poderia ser atingido. Digamos que os nove alvos ocupassem uma relação de tamanho de 5%, logo teríamos um total de 45% onde poderia se acertar a esfera. A parede ocuparia o restante.

Mas, aquele alvo, que decidiu ser muito besta muito corajoso e se manteve em pé, teria uma porcentagem própria. 25% de chance de se acertar nas pernas, 40% de acertar nas ‘partes baixas’, 35% de acertar nas costas (tudo isso incluído naquele 5%).

Mas, existiria a chance, muito pequena e improvável chance, da bola acertar em sua cabeça. Essa chance é de aproximadamente 0,0002%.

E lógico, essa é a chance escolhida da vez. Esses infímos (uso essa palavra sem nem saber o significado, mas ela existe) 0,0002% foi o escolhido da vez e o chute aconteceu.

HEADSHOT!

Darmstádtio

P.S.1: Não faço a menor ideia dessas porcentagens, simplesmente, apreciem o GIF.