Marco

Utilis Inutilis chega a um marco interessante: 1000 postagens.

Todos partimos de um ponto inicial. No caso de uma rota de ônibus, inicia-se em um ponto inicial como um terminal. Se for um projeto de software, o primeiro passo é a análise de requisitos. Um atleta parte da linha de largada. Um namoro pode começar de um simples olhar.

Você parte do ponto A e, seguindo por essas ruas, chega no ponto B.

No meio do caminho, problemas ou simplesmente tranquilidade. À frente, o ponto final, a linha de chegada, a entrega do projeto, o muro pronto ou o que quer que seja seu destino.

Objetivo: chegar na escola antes da primeira aula. Meta: terminar a torrada até a metade do caminho. Arte por Haruka Natsuki.

Não é ótimo quando se atinge um marco durante isso? (não estou falando de bater/acertar alguém que se chama Marco) Alguns pontos podem ser estranhos, causar confusão mas, quando uma meta é atingida, mostra que já não estamos mais no início da coisa. Assim como a cidade que comemora seus 700 000 habitantes, ou o jogador de futebol que marca seu 1000º gol.

10 seguidores no Twitter, yay! (não, ainda não cheguei nesse marco) Arte por Itachi Kanade.

E é assim que o Utilis Inutilis, seu blog preferido de inutilidades, chega à milésima postagem (que é essa). Por pouco não tivemos 200 000 visitas (o que daria 200 visualizações por postagem), mas isso é detalhe.

ClaMAN

P.S.: Foi uma surpresa para mim também, tanto que nem deu pra pensar melhor antes de fazer a postagem.

P.S.2: Será que, se eu seguisse direito a regra de postagens (3 posts por semana OU 1 post a cada 2 dias OU 12 posts por mês), chegaria à postagem 2000 antes de 2020?

P.S.3: Nota: na verdade, na verdade mesmo, essa não é a postagem nº 1000. É a milésima publicada, descontando os inúmeros rascunhos arquivados e postagens excluídas ou removidas (cerca de 10, se eu não estiver errado). Mas ignorem esses números e festejem conosco.

O Twitter disse que hoje é dia dos gatos

Fatos (e imagens) sobre gatos mundo (e internet) afora.

O Twitter disse que hoje (ainda) é dia internacional dos gatos. Até hoje, eu nem sabia desse detalhe.

Mas agora eu sei disso e vou compartilhar com vocês.

Para começar, os gatos que estamos falando são aqueles felinos, que miam, caçavam ratos, peixes e pássaros e, para alguns, concorrem com os cachorros em preferência para animais domésticos. Se chegou aqui procurando outro tipo de gato, tente procurar aqui.

Gatos são famosos. Ditos populares, como “A curiosidade matou o gato” e “Um gato tem 7 vidas” (em outras versões/nações, ele tem 9), mostram essa fama (além de mostrar que gatos são duros na queda tanto quanto são xeretas). Fora isso, gatos foram (ou são, sei lá) base para muitos personagens de desenhos animados, comics e tals.

Não dê lasanha para seu gato ou ele pode acabar como o Garfield.

Sempre tem as pessoas que vão ver vídeos de gatos fofinhos no YouTube e torcer o nariz porque preferem cachorros (bem, gosto não se discute). Algumas tem argumentos (nem tão lógicos) para isso: gatos são esnobes, gatos não tem amor pelos seus donos, gatos são do mal (culpa daquele filme). O pessoal do tempo da idade média (que, felizmente, já passou) pensava dessa mesma forma.

Gatos pretos são, na verdade, bruxas malignas disfarçadas? Tá “serto”, um joinha procê.

Já foi provado (no meu Twitter, inclusive) que gatos podem ser tão carinhosos quanto qualquer outro animal de estimação. Estudos mais “místicos” dizem que gatos até removem energias negativas do local onde vivem e tem poderes curativos e, no Egito antigo e outros locais, gatos eram vistos como deuses.

Como eu já comentei lá em cima, gatos ficaram populares na internet (principalmente em vídeos do youtube). Fora os vídeos do youtube, os gatos são protagonistas de memes, incluindo o popular longcat (gato longo, em tradução literal) e aquela musiquinha chiclete de 2011, Nyan Cat, assim como outras citações.

Quanto tempo você aguenta ouvir?

Por fim, japoneses também gostam de gatos (e coelhos, mas aí é outra história). Como vocês já devem saber, japoneses também gostam de transformar qualquer coisa (incluindo navios de guerra e animais silvestres) em garotas 2D. Como eu não poderia fazer essa postagem sem referências a animes…

Hanekawa Tsubasa, de Bakemonogatari – em certas condições (leia a novel ou veja o anime para saber), ela vira uma neko girl (garota gato). Arte por Kasai Shin

(Tem um vídeo dela aqui).

ClaMAN

P.S.: Tem muitos “Dia de [insira qualquer coisa aleatória aqui]” que só vejo no Twitter…

P.S.2: Tenho bastante postagens previstas para esse mês, só falta inspiração, vontade e tempo para criá-las.

Músicas de Segunda #7

Nessa noite de segunda, uns sertanejos hardcores para vocês!

Você é daqueles que só gosta de rock e nenhum outro estilo agrada seu gosto “superior”?

Ou você é daqueles que mantém uma pose de metaleiro e não quer que as pessoas vejam você ouvindo algo “leve”?

Ou você mantém sua preferência pelo sertanejo, mas está disposto a ver estilos meio “alternativos”?

Para esses motivos acima (e outros que não foram listados), eu lhes apresento: Hardneja Sertacore!

O nome é a junção de Sertaneja com Hardcore, e o estilo da banda é exatamente esse: juntar clássicos românticos (ou não) do sertão com uma batida totalmente rock hardcore.

Essa banda surgiu lá por 2007 (dez anos atrás!) e transformou diversas músicas sertanejas (seja de raiz, seja romântico, seja universitário) em músicas que podem fazer um rockeiro esquecer que, originalmente, eram obras tocadas com sanfona, viola caipira e tals.

Se a banda ainda existe? Não sei (pelo visto não). Mas qualquer tipo de junção entre estilos aparentemente tão distantes, quando feita de um jeito desse, fica maneira.

Vida longa ao metal sertanejo, ou o que quer que seja esse estilo!

Ah, se quiser ver mais músicas do Hardneja Sertacore, vasculhe pelo Youtube e seja feliz.

ClaMAN

P.S.: Eu pediria desculpas por roubar a série de outro editor, mas como sou o único editor atual desse blog, não me importo.

P.S.2: 23:20 ainda é segunda-feira.

P.S.3: Agradeço a um amigo por me apresentar essa banda. Ele é rockeiro, aí falaram para ele ouvir uns sertanejos, nisso ele achou essa banda e uniu os dois mundos.

B Ô N U S :

Mais uma música deles só pra animar sua madrugada noite de segunda.

Frio à moda brasileira

O inverno chegou, afinal.

O inverno chegou! (E, agora, não dá mais pra fazer trocadilho com Game of Thrones)

Imagem de Touhou para evocar o espírito dessa estação. Arte por Kaatoso.

Enfim, se você não fez isso ainda, é hora de tirar agasalhos e cobertores de dentro do guarda-roupa. Mesmo sabendo que o solzinho da tarde vai esquentar tudo e provavelmente as blusas extras voltarão amarradas na cintura ou carregadas no braço.

Temos férias escolares no mês que vem, aliás… Mesmo sendo inverno, nenhum inverno brasileiro é tão rigoroso que impeça o brasileiro de viajar para a praia, por exemplo.

Esse é o tipo de coisa que surge quando neva demais.

Ah, mas já que é inverno, melhor viajar para o sul e curtir a neve que às vezes aparece? Se você tiver boa sorte, vai conseguir ver um pouquinho de gelo em alguns lugares por lá.

Lembrando que logo teremos algumas madrugadas mais frias do ano e o noticiário não vai cansar de anunciar isso todo dia.

ClaMAN

P.S.: Não estou com senso de humor hoje.

Saiba separar o mundo 2D do mundo 3D

O mundo real (3D) x O mundo de animes e outras coisas (2D). Mistura?

Para pessoas normais, o mundo de animes, jogos (alguns) e outras mídias relacionadas (mundo bidimensional, 2D) pode ser meio (ou muito) estranho. Como é possível entender aquele idioma estranho, o que há com aquelas reações exageradas, aqueles olhos enormes e aquelas coisas fantásticas impossíveis de acontecer no mundo real (ex.: um casal levar mais de um ano só pra dar as mãos).

Uma delas é 2D, a outra é 3D. Descubra qual é qual.

Para quem já se acostumou com este “estranho” mundo 2D e não sabe mais viver sem ele, pensa que muitas coisas que acontecem no mundo real seriam melhores com um toque “animificador”. Ou talvez já desistiram do mundo real e vivem em função da imaginação, das fanfics, dos dakimakuras (aqueles travesseiros corporais com capas que são personagens de animes em poses perfeitas para se “dormir” juntinho com elas), das novas séries de animes, das waifus e afins. É um mundo sem decepções e sem problemas iguais aos do mundo real.

Essa é a única decepção/problema do 2D, mas tem gente que sabe conviver com isso.

Porém, são dois mundos que não se misturam (exceto por cosplays, tem alguns muito bons)(e a realidade virtual está cada vez mais perto). O mundo real (3D) tem suas particularidades (e, querendo ou não, é nele em que vivemos) e o mundo 2D (da ficção e dos animes) também tem coisas que não deveríamos nem pensar em ver com pessoas de verdade fazendo (como isso).

Enfim, se você ainda pensa que seria legal ver umas coisas de animes na vida real, aqui embaixo tem uma simulação perfeita. Veja e tire suas conclusões.

ClaMAN

P.S.1: A melhor piada (e imagem) é a de destaque mesmo.

P.S.2: Esse vídeo estava jogado nos rascunhos do blog (a salvação para os dias sem ideias). Finalmente dei um destino para ele.

P.S.3: Se o 3D simulando 2D pode ser bizarro, o 2D simulando 3D às vezes fica interessante:

Kanna Kamui de Kobayashi-san chi no Maidragon. Arte por AkiZero.

As novas teorias da internet sobre a Terra plana

A internet (e suas conspirações e teorias “diferentes”) nunca descansa. A bola da vez? Vivemos num planeta chato como uma pizza e sempre esconderam isso de você.

Já não basta ter que aguentar o tanto de notícias tensas mundo afora todo dia (além das notícias do Brasil, que não devem em nada às do exterior), ainda começou a surgir esse falatório de que a Terra, nosso planeta, é plana.

“Ah, mas isso já foi declarado como verdade, tá!” – diria um defensor das teorias terraplanistas. E sim, já foi declarado como verdade absoluta, até ser desacreditado, assim como foram desacreditadas as teorias de evolução de Lamarck e da mesma maneira que a maioria das pessoas deixa de acreditar que vai ganhar na loteria algum dia.

A evolução acontece, uma teoria/lei substitui outra e a gente fica perdido num primeiro momento mesmo, é normal.

Os maiores argumentos das pessoas que diz que a Terra é plana:

É tudo uma conspiração “Deles”, a NASA é uma farsa, todas as imagens curvas da Terra são tiradas com câmeras especiais ou são montagens…

Como eu falaria demais sobre cada teoria (louca) e poderia perder leitores que estão nessa nova onda de “planismo”, eu fico com minha ideia do que é verdade e, para quem quer que a Terra seja realmente plana, só deixo uma sugestão:

 

Terraplanagem vem do português. Terra = terra mesmo, Planagem = alisamento, planificação.

ClaMAN

P.S.1: Cheguei a ver um vídeo de uma hora que dizia mostrar a verdade oculta que nos esconderam todo esse tempo de que o ClaMAN é uma loli tsundere e a Terra é plana (embora só tenha visto 5 minutos e desistido).

P.S.1.1: Disseram que, se eu chegar virgem aos 30 anos e for “abençoado” por uma entidade sobrenatural, eu realmente posso me transformar em uma garota do ensino fundamental.

P.S.2: Depois dessa teoria, qual é a próxima invenção? De que, na verdade, o que dizem da evolução é uma farsa e somos descendentes dos ornitorrincos?

 

Páscoa, ovos e coelhos

Por quê coelhos trazem ovos de páscoa?

Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim?
Um ovo, dois ovos, três ovos assim

E então hoje é domingo de Páscoa, dia da ressurreição de Jesus Cristo…

E dia de comer ovos de chocolate entregues por um coelho.

Será que é porque, se fosse uma galinha, a música não ficaria com a métrica certa? Será que pensaram que o coelho é da mesma espécie do ornitorrinco e da echidna e bota ovo mesmo sendo mamífero? Ou será que viram um coelho e um ovo juntos, acharam que deu uma boa combinação e resolveram transformar isso em tradição pascal?

O sentido simbólico é o mais correto (embora a primeira afirmação esteja correta porque nem “Galinhazinha da Páscoa” nem “Galinha da Páscoa” são muito bons ritmicamente, e a terceira afirmação seja parecida com uma das lendas que dizem que deu origem à imagem do coelhinho da páscoa). A Páscoa simboliza a ressurreição, ressurreição é quase o mesmo que “vida nova”, e um dos bichos mais férteis que tem no mundo é o coelho, ou seja, de gerar “vidas novas” ele manja.

E onde o ovo entra na história? Fica para ano que vem (leia-se: não sei e não vou pesquisar agora porque vou almoçar). Feliz Páscoa e fiquem com uma imagem de Jesus Ressuscitado que temos desde 2011 nesse blog:

ClaMAN

P.S.: Já foram na igreja hoje? #EuFui.

P.S.2: Próxima postagem só na quarta-feira. Lidem com isso.