Um Dia das Bruxas no Brasil atual

Bruxas? Doces ou travessuras? Abóboras? Nada disso – aqui é Brasil!

Anúncios

Gostosuras ou travessuras? Hoje é Dia das Bruxas, o dia considerado por alguns como o mais assustador do ano (outros já consideram que dias assustadores são os dias de resultados de provas, dia de recebimento de contas, e por aí vai). Fantasias de criaturas horripilantes, abóboras e decorações aterrorizantes, além de doces (ou travessuras) completam o cenário para mais um Halloween.

Olha essa decoração. Bem halloweenesca, não é?

Claro que isso é só nos EUA e outros países com essas tradições. Nossa tradição brasileira (que tentou chamar o dia de hoje em Dia do Saci) faz uma ou outra festinha à fantasia, uma ou outra promoção “monstruosa” e várias críticas de religiosos a uma data aparentemente ligada ao satanismo. Ou seja, mais um dia comum.

Mas somos brasileiros, afinal – e isso inclui nossa capacidade de zoar qualquer coisa! Incluindo nossos políticos e governantes…

Temos um presidente vampiresco que hora ou outra suga o sangue e os direitos de umas pessoas…

Daria um bom vilão de filme de terror.

Temos uns ministros federais que às vezes nos assustam com suas declarações e aparência (e também pela roupa que parece capa de bruxo)

Outro que daria um bom vilão.
BU!

Não poderíamos esquecer também de cada notícia que nos atinge com um susto e um terror estremecedor…

Essa é pra matar… Com facadas sucessivas no bolso.

Como essa postagem ficou mais assustadora do que eu pensei… Melhor parar por aqui. Antes que alguém realmente morra depois de tanto susto.

ClaMAN

Agradeço ao Sensacionalista pela inspiração.

P.S.: Deveria ter colocado um aviso sobre conteúdo aterrorizante.

B Ô N U S :

Continue Lendo “Um Dia das Bruxas no Brasil atual”

Casais enamorados

Dia dos namorados para todos os tipos de casais

Nota: Depois de uma postagem de trollagem e outra de auto propaganda, essa é a postagem realmente voltada a casais de namorados apaixonados.

AVISO: Apenas imagens de animes daqui para baixo.


Feliz dia dos namorados!

Para aqueles que ainda não perceberam (ou não assumiram), mas poderiam ser um casal

Para casais que já estavam ligados antes mesmo de se conhecerem (esse é pra quem acredita em destino)

Para casais que acabaram juntos por trocas e acasos repentinos

Para casais que transformaram uma rivalidade num interesse em comum

Para casais que, mesmo com as diferenças/estranhezas, se ajudam e, mesmo com seus problemas, ajudam a outros

Para casais que encontraram uns nos outros o afeto, o consolo e a paixão que desejavam

Para casais em uma relação mais virtual que física, mas que mostra que distância não importa para quem tem tecnologia e amor no coração

Para casais que percebem que, depois de tanta coisa que passaram juntos, não dá mais para viver distantes.

Essa postagem é para os casais, simplesmente.


ClaMAN

P.S.1: Sete fanarts de animes animes selecionados para vocês. Adivinhem todos e ganhem um brinde (só clique na imagem para ver a origem depois que adivinharem, tá?).

P.S.1a: Dicas: Um é josei, um é shoujo. Um é filme, o outro é modinha. Tem um que eu já citei mais de uma vez no blog (por enquanto, é o anime do ano de 2017 na minha opinião). Outros quatro também já foram citados em postagens passadas. Todos são imagens de casais oficiais (exceto o primeiro), ou seja, praticamente assumiram namoro. O último é Toradora mesmo, como eu já tinha avisado e como vocês já conhecem (fanart nova, só não sei por quê estão chorando).

P.S.2: Eu faço esforços por vocês (como, por exemplo, percorrer o Danbooru e encontrar montes de fanarts +18). Então, mostrem que apreciam o esforço pelo menos lendo essa postagem. Obrigado.

P.S.3: Ia colocar yuri (para representar casais LBGT), mas o casal que eu queria pegar (Hanabi x Sanae (Kuzu no Honkai)) não é bem um casal na série, então vou ficar devendo (aguardem ano que vem).

B Ô N U S :

Para os “casais” que conseguem conviver com o fato de uma das pessoas na relação não existir no mundo 3D

Não importa se não é 3D, no meu coração eu amo aquela pessoa (ou melhor, personagem)! Tem algo contra?

E tem mais:

Continue Lendo “Casais enamorados”

Saiba separar o mundo 2D do mundo 3D

O mundo real (3D) x O mundo de animes e outras coisas (2D). Mistura?

Para pessoas normais, o mundo de animes, jogos (alguns) e outras mídias relacionadas (mundo bidimensional, 2D) pode ser meio (ou muito) estranho. Como é possível entender aquele idioma estranho, o que há com aquelas reações exageradas, aqueles olhos enormes e aquelas coisas fantásticas impossíveis de acontecer no mundo real (ex.: um casal levar mais de um ano só pra dar as mãos).

Uma delas é 2D, a outra é 3D. Descubra qual é qual.

Para quem já se acostumou com este “estranho” mundo 2D e não sabe mais viver sem ele, pensa que muitas coisas que acontecem no mundo real seriam melhores com um toque “animificador”. Ou talvez já desistiram do mundo real e vivem em função da imaginação, das fanfics, dos dakimakuras (aqueles travesseiros corporais com capas que são personagens de animes em poses perfeitas para se “dormir” juntinho com elas), das novas séries de animes, das waifus e afins. É um mundo sem decepções e sem problemas iguais aos do mundo real.

Essa é a única decepção/problema do 2D, mas tem gente que sabe conviver com isso.

Porém, são dois mundos que não se misturam (exceto por cosplays, tem alguns muito bons)(e a realidade virtual está cada vez mais perto). O mundo real (3D) tem suas particularidades (e, querendo ou não, é nele em que vivemos) e o mundo 2D (da ficção e dos animes) também tem coisas que não deveríamos nem pensar em ver com pessoas de verdade fazendo (como isso).

Enfim, se você ainda pensa que seria legal ver umas coisas de animes na vida real, aqui embaixo tem uma simulação perfeita. Veja e tire suas conclusões.

ClaMAN

P.S.1: A melhor piada (e imagem) é a de destaque mesmo.

P.S.2: Esse vídeo estava jogado nos rascunhos do blog (a salvação para os dias sem ideias). Finalmente dei um destino para ele.

P.S.3: Se o 3D simulando 2D pode ser bizarro, o 2D simulando 3D às vezes fica interessante:

Kanna Kamui de Kobayashi-san chi no Maidragon. Arte por AkiZero.

Imagem e Postagem – 2ª temporada #9

O mundo dos smartphones: é possível entrar nesse mundo de tecnologia apenas sendo esperto (“smart”)?

Depois de tantas paisagens e seres vivos, hora de voltar às nerdices de sempre (sem animes por enquanto, ainda preciso compensar pelo excesso de imagens de animes de março) e falar de tecnologia. Sendo mais específico, vamos falar de celulares. Mais específico ainda: o assunto será Smartphones.

Smart não é aquilo de passar na unha, é uma palavra que significa inteligente. Phone é fone, telefone ou coisa similar. Logo, telefone inteligente.

Tá. E daí? Hoje em dia a grande maioria esmagadora das pessoas tem um negócio desses. Aplicativos de sobra para quase todas as funções possíveis, comunicação entre você e qualquer outra pessoa através de redes sociais (ou mesmo por telefonema mesmo (embora até telefonemas estejam perdendo função para chamadas via internet)), agenda pessoal a um toque de dedos (ou a um comando de voz – a tecnologia evolui rápido), conteúdo multimídia, portabilidade de dados e até “carteira virtual” com NFC e apps específicos.

É tanta função e possibilidade nova que surge que algumas pessoas acham difícil de acompanhar essas revoluções e permanecem em seus antigos celulares com teclado (quem diria que teclas seriam vistas como obsoletas?). Já para pessoas menos favorecidas, o alto custo dessas novidades impede a atualização tecnológica.

Mas o espírito gambiarrês brasileiro (bem, deve ser brasileiro, não é?) ganha de qualquer limitação:

Câmera, MP3, cartão de memória… Aí tem isso e também tem o jogo da cobrinha.

ClaMAN

P.S.: Eu sei que essa imagem é velha, mas deve ter gente que ainda tem esse tipo de smartphone. Ou vai dizer que não é inteligente (ou melhor, criativo) o suficiente para ser chamado de smartphone?

P.S.2: Bem, algumas notícias: devido aos feriados das sextas-feiras seguintes, o Imagem e Postagem II #10 será adiado para dia 28. Assim, tenho mais liberdade para postagens especiais nos dois feriados.

Imagem e Postagem – 2ª temporada #5

Falando de animais, um animal curioso: Ornitorrinco.

Passada a semana de carnaval, gasto todo o dinheiro e retornando à vida comum de estudante, vamos aos questionamentos de vida:

De onde viemos? Para onde vamos? Cadê a tradução do episódio de anime da semana? E… Por que existe um bicho tão bizarro quanto esse?

ornitorrinco2Para quem não conhece o animal, é um ornitorrinco (não confunda com otorrino(laringologista), médico especializado em orelhas, nariz e garganta). Ornitorrinco, esses são os (poucos) leitores desse blog. Leitores, esse é um (desenho de) ornitorrinco.

O ornitorrinco é um mamífero com bico de pato que bota ovo, basicamente. Também tem membranas nas patas, guarda o alimento em bolsas na boca como hamsters e, em época de acasalamento, os machos produzem veneno. Ou seja, é um bicho realmente bizarro resultado de uma combinação genética maluca curioso. Só faltava trocar de pele como cobras e outros répteis.

Como você pode ver, o Utilis Inutilis também é conhecimento e também gosta de animais.

ClaMAN

P.S.: Março é um mês sem assunto. Lembrem-se disso antes de encher meu email com mensagens reclamando da falta de postagens.

P.S.2: Tenho planos de restaurar minha conta do Twitter, mas fica para outro post.

Chocolate para os amantes/amorosos/apaixonados

Valentine’s Day, dia de dar chocolate à pessoa amada. E que tal maneiras “diferentes” de demonstrar seu amor?

Mais um Valentine’s Day, e mais uma vez eu vou comentar da tradição (tradição? Não sei se chega a tanto, seria mais como uma estratégia de marketing) japonesa em que garotas dão chocolates a garotos (ou não) por quem tem alguma (ou muita) consideração.

__original_drawn_by_yuu_plasm__cf3d66bdd95ac2bc9ed11a6bff8d628f
“…Tenho algo pra te dar hoje.”

É um gesto romântico, de qualquer modo. É uma boa declaração de amor, também (isto é, se a pessoa tiver coragem de entregar o chocolate ao seu amado).

Nem sempre é algo fácil de se fazer.
Nem sempre é algo fácil de se fazer.

Mas, supondo que vergonha ou falta de intimidade não seja um problema, ou supondo que tenha atitude (e vontade de provocar/seduzir sobrando), ou supondo que exista uma vontade de inovar a relação…

(Aviso: a partir desse ponto, tem coisa que pode ser meio… NSFW (ou seja, cuidado com quem está por perto antes de ler)

Continue Lendo “Chocolate para os amantes/amorosos/apaixonados”

Gothic Lolita

Explicando e mostrando imagens de personagens de anime gothic lolitas numa sexta-feira 13.

Depois do que aconteceu no ano passado (em que ignoramos a única sexta-feira 13 do ano, acabamos tendo uma súbita falta de inspiração geral e quase fechamos), melhor não brincar com os poderes tenebrosos desse dia tão misterioso e místico

azar_13

Enfim, hoje é sexta-feira, e é o 13º dia de janeiro, então mais uma vez temos essa combinação que lembra azar e coisas tenebrosas em geral (talvez seja culpa daquele filme), mas só lembra (tá certo, tem gente que nem sai de casa nesse dia, mas para muitas outras pessoas é um dia que, por sorte, é só uma sexta-feira comum).

Mas ainda é sexta-feira 13 (mesmo já sendo quase 22h), ainda tem todo o misticismo, e misticismo lembra terror, que lembra Halloween (que tá longe ainda), que lembra cemitério, que lembra fantasmas (lembrei de uma visual novel com fantasmas e yuri, mas isso fica para outra postagem), ou melhor, que lembra gente que anda em cemitérios, que lembra emos (emos, na verdade, teriam medo de cemitérios, então vamos para) góticos… E aí chegamos ao tema da nossa postagem!

Gothic Lolita!
Gothic Lolita!

Ei, ei, não vá embora ainda! Não vai ser uma postagem sobre garotas de anime, ok? (Na verdade vai sim, não sei quem quero enganar dizendo que não) Quero só comentar sobre Gothic Lolita.

Exemplo de boneca vitoriana.
Exemplo de boneca vitoriana. Segundo o site de onde peguei, ela se chama Sofia.

E o que é isso? Gothic Lolita, ou GothLoli, É uma (sub)moda urbana japonesa, com roupas inspiradas em vestimentas elisabetanas, vitorianas, góticas e de outras épocas “antiquadas” (segundo o Wikipedia, incluindo o “antiquadas”). O objetivo (pelo menos para as garotas) é imitar bonecas de porcelana ou princesas.

 

Para personagens que lidam com as trevas (ou, pelo menos, pensam que lidam), esse é um estilo mais que perfeito para se vestir. Então, agora acabamos a parte de descrição e vamos para as imagens de anime.

Continue Lendo “Gothic Lolita”