Vida de estudante em fim de semestre

Você quer férias? Terá que passar pelas provas e trabalho de fim de semestre primeiro!

Anúncios

Começou a época de fim de semestre e, como todo fim de semestre, qualquer estudante começa a frequentar igrejas para rezar pela nota (e, se for católico, vai fazer novena a Sto. Expedito, santo das causas impossíveis), ou a invocar criaturas sei lá de onde para salvar-lhe do perigo da DP, ou a correr atrás de professores só para chorar um último trabalho que salve sua nota.

Esses fins de semestre são horas de ver quem se salvou na matéria indo embora sorridente e de ver os corações partidos e os litros de lágrimas de quem já sabe que aquela matéria lhe espera novamente no semestre seguinte.

Porém, se ainda há a chance de salvação/redenção, é comum ver os estudos e as dúvidas urgentes surgindo cinco minutos antes da prova, e família, amigos, jogos e até amores sendo deixados de lado.

“Não vai dar para sair com você no dia dos namorados, meu amor… Tenho que entregar um trabalho e fazer duas provas nesse dia.”

De qualquer maneira: tome muito café, tente estudar direito, relaxe de vez em quando e pense que, quando toda a tortura dessa fase acabar, tem férias.

ClaMAN

P.S.: Sim, teremos especial de Dia dos Namorados. Pelo menos uma postagem, no máximo três. Para os apaixonados de plantão, se preparem.

P.S.2: Para os solteiros, temos postagens normais a partir do dia 14.

Apresentações de trabalhos

Ah… A vida de estudante… A convivência com apresentações de trabalhos…

Não importa se for primário ou mestrado, um estudante sempre terá que conviver com uma coisa: apresentações.

Err, então, a revolução constitu… Consitu… Contribucionacionalista foi em… Mil novecentos e vinte e dois, né… E daí…

Segundo qualquer professor, a apresentação de trabalhos (ou seminário (não confunda com este seminário)) diante da classe serve para avaliar, além do próprio trabalho, a postura do aluno e sua proficiência e desenvoltura para falar em público. Afinal, no mercado de trabalho, o estudante terá que desempenhar diversas apresentações e expor suas ideias em público, e a escola é o local onde ele pode errar.

(Na verdade, apresentações de trabalho são simplesmente formas de tortura para os tímidos, são provas de fogo para os que não estudaram e são humilhações para os que fizeram o trabalho e tem que aguentar as pessoas do grupo distorcendo todo o conteúdo dele #SóAVerdade)

Não há idade para começar a fazer apresentações de trabalhos.

Apresentações de trabalhos costumam ser em bandos grupos (“professora, pode ser dupla de três?”) e, dentre os integrantes do grupo, sempre tem:

  • Aquele que fez o trabalho inteiro e deveria apresentar sozinho
  • Aquele que imprimiu as imagens/fez os slides e acha que sabe do trabalho todo
  • Aquele que é amigo do que fez o trabalho todo e não faz a mínima ideia do tema do trabalho
  • Aquele que tem uma vergonha danada de apresentar e, mesmo sabendo o conteúdo, provavelmente vai faltar no dia ou simplesmente começar a chorar durante a apresentação.
Porque esse tópico é muito importante para todos e… (continua a ler o slide)

No começo (primeiros anos da vida escolar), o estudante tem seu trabalho apresentado, seu cartaz colado na parede e pronto, sem pânico. No ensino médio, os professores já começam a fazer perguntas (leves, mas instigantes) sobre o tema. Aí você passa para uma faculdade/universidade e tem regras como: 20 minutos (no mínimo) para apresentar, entregar a parte escrita na semana anterior, as perguntas (do professor e dos alunos) passam a cobrar muito mais estudo…

Mas, se tem uma coisa que, não importa se o trabalho for individual ou em grupo, apresentado em cartaz, data show ou dancinha, com 3 ou 30 minutos para ser descrito, com professores legais ou que vão querer enfatizar que você não colocou o ponto final no slide 12 depois de destroçar sua alma pelo trabalho todo…

Sempre tem aqueles que fazem o trabalho no último instante possível (no pior dos casos, é quando o grupo anterior está apresentando)

ClaMAN

P.S.: Já terminou o próximo trabalho a apresentar para este mês? (Duvido)

P.S.2: Apresentei um trabalho hoje. Ainda bem que o professor fica com um humor melhor na nossa turma do que na apresentação de trabalhos da turma do semestre anterior. Sorte de “veterano”?

Por que o ano letivo começa em outros meses em outros países

ClaMAN escreve sobre o por que de o ano letivo começar em outros meses em outros países

A resposta para a questão do título é: Não sei.

Mas sei que estamos em época de volta às aulas no Brasil. Alunos de diversos lugares, de São Paulo (capital) até Feira Nova (cidade do estado do Sergipe com 5 595 habitantes) estão se preparando (ou já se prepararam) para ir à escola e começar um novo ano letivo.

"Professora, o Gui pegou meu caderno!", ou "Fessôra, não apaga ainda não!", ou "O que eu não entendi? Não sei não."
“Professora, o Gui pegou meu caderno!”, ou “Fessôra, não apaga ainda não!”, ou “O que eu não entendi? Não sei não.”

Afinal, só para curiosidade, o ano letivo é o período em que as escolas dão aulas e que os estudantes pedem férias enquanto assistem aulas e estudam quando chega a época de provas. Na maioria das escolas brasileiras, o ano letivo dura uns 200 dias se não tiver greve, ocupações, manifestações e tals, começa em fevereiro e termina em dezembro para quem ficar de recuperação, porque muita gente já para de ir na escola no fim de novembro.

Agora, por quê nos animes o início do novo ano letivo é sempre no desabrochar das cerejeiras (fim de março e começo de abril)? Por quê Hogwarts começa suas aulas em 1º de setembro?

Início de Hyouka, início de um ano letivo.
Início de um ano letivo e com pétalas de cerejeira voando (dá um efeito visual bonito)

Então, o motivo ainda não sei dizer a vocês, mas deve ser uma daquelas heranças socioculturais e tal. Abaixo, um pouco de cada país/região:

  • No Brasil e em outros países da América do Sul, como Peru, Chile, Colômbia e Argentina, as aulas começam entre fevereiro e março.
  • Em países europeus em geral (exceto Alemanha), China e alguns do oriente médio, o ano letivo começa em setembro e termina em junho ou julho.
  • Nos Estados Unidos, as escolas iniciam seu ano letivo entre o meio de agosto e o meio de setembro (depende da escola, do estado e do Trump).
  • As escolas do Japão começam seu ciclo escolar em abril e termina em março (com férias em agosto por causa do verão).

screen-shot-2015-07-16-at-10-21-39-pm

Claro, isso não é regra geral. Determinadas escolas em determinados lugares podem ter outro calendário e outro sistema. Se quer mais detalhes, consulte aqui, aqui e aqui.

Bem, se você precisar pesquisar por isso em algum trabalho de início de semestre, pelo menos já te ajudei :)

ClaMAN

P.S.: Férias? Só em julho agora.

P.S.2: Entenda essa postagem como um aviso de que o número de postagens por semana vai cair (mais ainda? estamos indo para o fundo do poço…).

Ahhh, a volta às aulas…

Como é voltar a estudar…

Comprar materiais escolares para o novo período letivo…

1_artigos_de_papelaria

Rever os uniformes…

2_uniforme_escolar_criancas_sorrindo

Ver as ruas, os ônibus e as vans cheias de estudantes…

3_onibus_escolar_jovens_entrando

Ver os portões das instituições de ensino novamente abertos…

4_gente_indo_pra_escola_portao_aberto

Reencontrar amigos, tutores e (talvez) amores…

5_alunos_aleatorios_escola_bagunca_vaoestudar

E pensar:

“Espero que, nesse ano, eu não reprove!”

ClaMAN

P.S.1: Eu sei, tem gente que não voltou a estudar ainda. E tem gente que já está estudando há dias. E tem gente que nem sabe se vai estudar esse ano. E tem gente que diz “dane-se tudo, já tenho doutorado!”.

P.S.2: Nunca parem de estudar. Se forem parar de estudar, então não parem de aprender, mesmo assim. São coisas diferentes.

P.S.3: Desses passos, universitários só seguem os dois últimos: ver os portões da instituição de ensino, ver os amigos em frente… E partir para o bar.

(P.S.3 e meio: nem todos os universitários são assim, tá?)

B Ô N U S :

Se eu fosse usar imagens do Danbooru para ilustrar tudo, seria assim:

Continue Lendo “Ahhh, a volta às aulas…”

Coisas que acontecem após longas férias diante do computador

Quando chega a hora de voltar à escola, reencontrar os coleguinhas, conversar no recreio e etcetera…

Quando chega a hora de voltar à escola, reencontrar os coleguinhas, conversar no recreio e etcetera… E você ficou mais tempo no computador do que escrevendo ou estudando:

Isso deve contar como presença.
Isso deve contar como presença…
    • Problemas com a caligrafia: Sei que não sou só eu que sinto como se, ao invés de caneta, tivesse uma faca e, no lugar da folha de papel, um pedaço de madeira bem dura. Fora a mão travada…
    • Registro do ano anterior: Aposto um cargo de administrador de blog que você também escreve o ano errado nos primeiros dias de aulas.
    • Apagão total: Quantidade de coisas que você se lembra: metade da matéria (e olhe lá… precisa de uma revisão para lembrar “ah, foi isso que estudamos!”). Quantidade de coisas que você consegue explicar: a metade da metade da matéria que você lembra.
Para aqueles que já não tem mais como passar de ano.
Para aqueles que já não tem mais como passar de ano.
  • Manhãs Noites bem dormidas: Até o último dia das férias, era dormir qualquer hora da madrugada e acordar qualquer hora da manhã tarde. Mas, se você (assim como eu) estuda de manhã, passa a valorizar o sono depois que é obrigado a tomar 4 xícaras de café para não desabar na aula.
  • (Falta de) contato social: Para os antissociais de plantão: a pior parte da volta às aulas é encontrar um monte de gente na escola, um monte de falatórios, um monte de casais, um monte de montes! Muito diferente da simples relação PESSOA <-> PC.

E então, boas aulas para vocês.

ClaMAN

1099_1
A salvadora dos viciados, a esperança dos sonolentos: a máquina de café.

P.S.: Quando eu falei 4 xícaras de café, eu estava apenas brincando. Qualquer pessoa que estuda de manhã sabe que, para não fazer da carteira um travesseiro, são necessários (pelo menos) 9 xícaras.

P.S.2: Agora, se você trabalha de manhã, e trabalha em escritório, talvez dê pra tirar uma sonequinha discreta

P.S.3: Quer mais volta às aulas? Veja aqui!

B Ô N U S :
(Antes que vocês perguntem por imagens de animes…)

Taí um exemplo do que pode acontecer se você tomar café de menos.
Taí um exemplo do que pode acontecer se você tomar café de menos.
Eu sei, estavam com saudades da Taiga, né?
Eu sei, estavam com saudades da Taiga, né?