Amor

AMOR: Aquilo que dizem que uma pessoa sente pela outra. Não existe uma definição concreta, mas sabe-se que a causa dele é o lado emocional do corpo.

[Sabe-se também que foi sofrível pra um certo editor pegar essas imagens. Até agora ele está tomando antidepressivos e assistindo animes pra ver se esquece que escreveu isso.]

Na teologia cristã, é dito que “Deus é Amor”.

Existem vários tipos de amor, cada um mais indefinível que o outro. Aqui, estão divididos por mim.

Amor fraterno:
Aquele tipo de amor natural. Por exemplo: Deus ama a todos, sua mãe te ama [eu acho…], amigos se amam [e nunca vão admitir, porque vai parecer viadagem], amigas dizem que se amam [e isso parece yuri, mas é só amizade mesmo; existem patricinhas que dizem que se amam, mas não é verdade], irmãos se amam [não é no sentido de “incesto”, é no sentido de “no fundo, eles gostam um do outro, porque se odeiam”]. Amor fraternal, então, é aquele amor que não é o amor romântico.

Amor romântico:
Namorados/namoradas, depois casamento e vai até o fim da vida. Não confundir com paixão momentânea [que acaba no divórcio]. Quando fala em amor, todo mundo só pensa nesse tipo. Possui dois subtipos: o platônico e o mútuo.

  • Amor platônico:
    Amor romântico que não é correspondido, ou não-recíproco. Tecnicamente, é o clássico “amar e não ser amado”. Você adora aquela pessoa, só pensa nela o dia inteiro, faria [e faz] de tudo pra viver com ela. Mas ela nem sabe que você existe, e gosta de outra pessoa. Normalmente é o que acaba em “friendzone“.
  • Amor mútuo:
    Segundo reza a lenda [é que eu não sei se existe], é o amor recíproco, ou verdadeiro, quando uma pessoa ama a outra, ou seja, amor correspondido. Embora pareça a coisa mais linda do mundo, ¼ dos casais de namorados de hoje confundem isso com paixão ou atração, e outro ¼ sofre de amor platônico [por exemplo, em um casal comum de namorados, a garota ama o garoto, mas o garoto não corresponde, mas namora a garota por causa de algum motivo].

Amor: Um jeito carinhoso de se chamar a pessoa amada. Quando se está apaixonado, qualquer coisa faz sentido, afinal.
Variantes: “amoreco”, “amorzinho”, “mô”, entre outros.

O coração é o símbolo do amor. Não faço ideia do motivo.

Alguns termos [que não tem no glossário, então nem sei porque estou citando] que podem ter a ver com isso daqui:

  • Toradora [um anime de romance, além de tudo]
  • Shoujo [animes voltados para garotas.]
  • Beijo [coisa que pessoas apaixonadas fazem na frente de forever alones deprimidos, também chamados de “castiçais”.]
  • Paixão [aquilo que não chega a ser amor, mas é mais ardente.]
  • Traição [acontece em casais onde o amor não é recíproco, ou onde a paixão foi mais forte.]
  • Contos de fadas [“e então, o príncipe derrotou o dragão, salvou a princesa e os dois viveram juntos, felizes para sempre”]

> > GLOSSÁRIO  – – – – – > LETRA “A” 

Anúncios

Comente por favor! Comment Please!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s