Casais enamorados

Dia dos namorados para todos os tipos de casais

Anúncios

Nota: Depois de uma postagem de trollagem e outra de auto propaganda, essa é a postagem realmente voltada a casais de namorados apaixonados.

AVISO: Apenas imagens de animes daqui para baixo.


Feliz dia dos namorados!

Para aqueles que ainda não perceberam (ou não assumiram), mas poderiam ser um casal

Para casais que já estavam ligados antes mesmo de se conhecerem (esse é pra quem acredita em destino)

Para casais que acabaram juntos por trocas e acasos repentinos

Para casais que transformaram uma rivalidade num interesse em comum

Para casais que, mesmo com as diferenças/estranhezas, se ajudam e, mesmo com seus problemas, ajudam a outros

Para casais que encontraram uns nos outros o afeto, o consolo e a paixão que desejavam

Para casais em uma relação mais virtual que física, mas que mostra que distância não importa para quem tem tecnologia e amor no coração

Para casais que percebem que, depois de tanta coisa que passaram juntos, não dá mais para viver distantes.

Essa postagem é para os casais, simplesmente.


ClaMAN

P.S.1: Sete fanarts de animes animes selecionados para vocês. Adivinhem todos e ganhem um brinde (só clique na imagem para ver a origem depois que adivinharem, tá?).

P.S.1a: Dicas: Um é josei, um é shoujo. Um é filme, o outro é modinha. Tem um que eu já citei mais de uma vez no blog (por enquanto, é o anime do ano de 2017 na minha opinião). Outros quatro também já foram citados em postagens passadas. Todos são imagens de casais oficiais (exceto o primeiro), ou seja, praticamente assumiram namoro. O último é Toradora mesmo, como eu já tinha avisado e como vocês já conhecem (fanart nova, só não sei por quê estão chorando).

P.S.2: Eu faço esforços por vocês (como, por exemplo, percorrer o Danbooru e encontrar montes de fanarts +18). Então, mostrem que apreciam o esforço pelo menos lendo essa postagem. Obrigado.

P.S.3: Ia colocar yuri (para representar casais LBGT), mas o casal que eu queria pegar (Hanabi x Sanae (Kuzu no Honkai)) não é bem um casal na série, então vou ficar devendo (aguardem ano que vem).

B Ô N U S :

Para os “casais” que conseguem conviver com o fato de uma das pessoas na relação não existir no mundo 3D

Não importa se não é 3D, no meu coração eu amo aquela pessoa (ou melhor, personagem)! Tem algo contra?

E tem mais:

Continue Lendo “Casais enamorados”

Hora de seguir outro caminho

Os novos rumos do Utilis Inutilis.

Depois de 6 anos trabalhando nesse blog, posso afirmar com certeza:

É difícil ser inútil.

Parece simples, não é? Falar de qualquer coisa, fazer postagens umas duas vezes por semana sobre o que vier à cabeça, tentar ser inútil e ao mesmo tempo engraçado.

Mas eu (e qualquer outro editor que tenha passado por aqui) sei a verdade: tem vezes que nenhuma ideia surge, nada mesmo. Nem sempre dá pra agradar a todos, como sempre fiz(emos). Esse blog, desde a sua criação, tentou focar em um universo de mídias que envolve coisas nerds e também coisas comuns, mas atualmente (basta ver as postagens mais recentes) não tá dando pra manter essa linha.

Então, eu, ClaMAN (segue no twitter: @cslclaman), como o único membro atual desse blog, o administrador supremo, decidi (de verdade) dar um basta. O que eu mais tenho feito (além de trabalhos e jogar OMSI) é assistir animes. Meu twitter é 70% animes, aliás. O blog, querendo ou não, está refletindo isso (falem a verdade: vocês devem ter saudades das antigas postagens cheias de imagens do Google, em vez de screencaps e fanarts de animes). Dá pra perceber na postagem anterior, aliás.

Então, sinto muito aos gamers, peço desculpas a aqueles que esperavam por postagens de séries e filmes ocidentais, me despeço dos técnicos de informática de plantão, abandono os fanáticos por livros, fico devendo coisas aos músicos ou interessados em música. Porém, estou de braços abertos a qualquer pessoa que se interesse por animes e queira algo (bem) diferente de outros blogs do tipo. Esse é o novo Utilis Inutilis (que, em breve, se tornará Utilis Animes (como já indica o cabeçalho provisório)) .

O conteúdo planejado é:

  • Análises de episódios de estreias e novas séries
  • Artigos sobre animes e mangás clássicos
  • Notícias da indústria (filmes, novas adaptações, jogos e afins)
  • Opinião do otaku – publicação de comentários e opiniões dos leitores sobre séries e notícias
  • Divulgação de conteúdo licenciado no Brasil (mangás, light novels, jogos)
  • Listas e “Top X” (sendo X um inteiro maior ou igual a 3 e menor ou igual a 50) do mundo dos animes.

Obs.: Esse é só o primeiro passo – já consegui contatos e, em breve, além de ser um blog de conteúdo variado sobre animes, teremos legendas e streaming de séries populares, feitos com qualidade.

Começa aqui uma nova fase do Utilis Inutilis. Esperamos vocês lá!

A nossa aventura está apenas começando…

ClaMAN

P.S.: Há muito tempo atrás, fizemos um negócio parecido – animes, análises e tals. Claro que era só brincadeira de 1º de abril. Agora não – estou tão sério nisso que já tenho conteúdo pronto (e, aliás, quem leu o glossário de animes e o diário #2 deve ter percebido que uma nova temporada de animes está a caminho, não é?).

P.S.2: Sobre as postagens antigas: durante a semana serão movidas para outro blog que será como o “memorial” do Utilis Inutilis. Esse blog (e esse endereço) terão apenas postagens exclusivamente relacionadas ao mundo dos animes. Tanto é que eu vou me mudar para o Japão em alguns dias para trazer notícias fresquinhas.

Viagem para outro(s) mundo(s)

Como a ficção dá chances para personagens saírem de um mundo “comum” para outro cheio de aventuras.

Estamos em crise, cheios de problemas. O mundo está meio confuso e bagunçado ultimamente. E, além do mais, tem pessoas que não estão raciocinando direito por aí (talvez seja a pressão).

Daqui a pouco explode.

Para quem não quer se envolver com esses problemas, qualquer forma de fugir seria bem-vinda. E, como tem vários países em conflitos (internos e externos), não adianta falar “ah, o Brasil tá uma droga, vou para [insira o nome de outro país aqui]“, porque vai dar na mesma.

Mas a ficção e a criatividade criaram uma escapatória (fictícia, logicamente) para isso: viagens a outros mundos!

Imagine: em um instante, você está saindo de uma loja de conveniência após comprar um pacote de salgadinhos e macarrão instantâneo…
…E, no outro instante, acorda em um mundo de fantasia meio medieval!

Porquê essa mudança? Bem, no contexto (de Re:Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu) não importa – só importa que é um novo mundo, com outros problemas e outras oportunidades. Que tal?

Ah, mas você não quer problemas, prefere uma vida boa e um monte de mulheres (ou homens ou qualquer outra coisa, dependendo de sua orientação sexual) correndo atrás de você como em uma visual novel harém? Basta torcer para que uma maga sem sorte te invoque para ser o serviçal dela (e essa é a história de Zero no Tsukaima).

Deve ser chato ser teletransportado de um mundo comum para um mundo de fantasia, não é? Principalmente quando se é tão amado como o personagem acima.

Ah, mas desaparecer do mundo real de repente, sem aviso pode ser problemático… Então, que tal ter uma nova vida de aventuras disponível quando a vida normal terminar, por conta de alguma fatalidade (ou acidente idiota)? Ser o herói que salva um mundo alternativo pode ser legal caso não se queira reencarnar na mesma vidinha de sempre, ou não se deseje ir para o lugar “tranquilo demais” que é o Céu.

Uma nova vida de ação aguarda a quem sempre desejou por ação na vida anterior.

Se a morte por uma maneira idiota (como a do garoto acima, protagonista de Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku Wo, que morreu de susto ao achar que seria atropelado por um trator) não parece uma maneira boa de sair desse mundo para um novo, sempre dá para se aproveitar de portais e coisas do tipo, que podem abrir de repente e mostrar outro universo.

Aí você é um militar que vai explorar um portão gigantesco que apareceu no meio da cidade. Esse portão sai em outro mundo (que tem uma gothic lolita). Está aí uma boa aventura.

A ideia de Gate: Jieitai Kanochi nite, Kaku Tatakaeri é essa. Mas você pode argumentar: “E se eu não quero viver aventuras? E se eu quero seguir uma vida tranquila e só quero fugir desse mundo problemático?”

Para esse caso, sempre existe a solução de simular um mundo melhor e esquecer dos problemas da vida real. Melhor jeito de fazer isso?

Jogos. Visual Novels. Animes e relacionados. Séries. Mais jogos. Sair de casa é para os fracos.

@cslclaman

P.S.1:

  • Quarta-feira: essa postagem.
  • Quinta-feira: especial. Aguardem.
  • Sexta-feira: Imagem e Postagem 2 #9.
  • Sábado: se eu estiver inspirado, tem postagem.

P.S.2: A primeira imagem é a abertura de Gabriel DropOut. A última é (de novo) a Kirino de Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai.

P.S.3: Estou tão oriental que não lembrei exemplos de ir para outro mundo em séries e filmes americanos.

Sim, a água é importante

Sim, a água é importante no nosso cotidiano. Duvida? Vou mostrar imagens para comprovar.

Hoje é (ou foi) o Dia Mundial da Água. O Utilis Inutilis já citou esse importante dia há uns seis anos, mas como o título da postagem diz, a água é importante para nós, então merece postagem sempre!

Essas imagens de água te fazem querer beber água, não é?

70% do nosso corpo é composto por água, aliás. A Terra não é chamada de “planeta água” à toa, também. Como se não bastasse isso…

Sem água não teria como ter esses rios e lagos bonitos que servem como bons cenários…

Sem água não teria como essa garota mágica com poderes aquáticos usar seu poder para se refrescar em um dia quente…

Sem água, a Senjougahara não poderia ter o prazer de torturar seu namorado nessa cena…

Sem água, não teriam mares e oceanos, então não teriam praias nem fontes termais, tampouco piscinas, logo não teríamos episódios de fan-service.

E, com isso, espero que vocês entendam a importância da água no nosso cotidiano.

@cslclaman

P.S.: Eu sei, saiu praticamente no dia 23, não é? Relaxem, todo dia é dia da água.

P.S.2: Mudei a assinatura. Quem sabe assim não ganho seguidores no Twitter?

P.S.3: Animes usados (ordem de aparição, desconsiderando 1ª imagem):

  • Saenai Heroine no Sodatekata (ou Saekano), episódio 0 (OVA).
  • Yosuga no Sora, episódio 11.
  • Mahou Shoujo Nante Mou Ii Desukara 2ª temporada, episódio 1.
  • Nisemonogatari (da série Monogatari), episódio 1.
  • Kobayashi-san chi no Maid Dragon, episódio 6.

Diário (Inútil) do ClaMAN #2

Animes da temporada que estou assistindo (e que acho bons) e seus resumos.

Mais um episódio do meu, do seu, do nosso, diário mensal inútil. Para o diário “diário”, considere seguir-me no Twitter: @cslclaman

Imagem ilustrativa. O ClaMAN não é a Tamura Hiyori (de Lucky Star) e não escreve fanfics shippando seus amiguinhos como essa personagem faz.

Meu tempo livre está diminuindo gradativamente, o que significa que o blog vai entrar de férias em breve e meu tempo para fazer coisas de lazer (dirigir ônibus, assistir animes e baixar fanarts de animes) está ficando escasso… Embora isso não signifique que eu simplesmente parei de fazer essas coisas (cinco ou seis horas de sono por dia são suficientes).

Aliás, a temporada de animes que começou em janeiro (e que já está acabando T-T) tem alguns títulos bem interessantes.


Na área do romance, resolvi ver esses mais pela curiosidade e para preencher dias vazios do que pela história:

Masamune-kun no Revenge: Sua típica comédia romântica clichê. Masamune, um garoto que era gordinho, passou a ser um narcisista obcecado com controle de calorias e malhação, tornando-se um “bishonen” (cara bonitão). Tudo isso para se vingar de Adagaki Aki, garota conhecida como “Princesa Cruel” por rejeitar e humilhar qualquer garoto que se declare a ela.

Seiren: Simulador de namoros em anime. Três garotas (Tsuneki Hikari, Miyamae Tooru e outra que ainda não assisti o episódio para saber o nome), três rotas para garotos comuns conquistarem. Se você gosta de romance sem conflitos dramáticos (como os do Masamune-kun no Revenge acima), vai fundo.

Observação: Fuuka é outro de romance, mas por conta das origens de legenda que uso, vou deixar para assistir todos os episódios juntos.


Agora, indo para comédia sem muita pretensão de ser séria (e é por isso que se chama comédia), animes cativantes surgiram:

Gabriel DropOut: Gabriel, uma anjo e melhor aluna na escola celestial, vem para a Terra para seguir seus estudos. Porém, depois que descobre o mundo dos jogos online, perde qualquer traço angelical (para terem uma ideia, tem uma demônio que é mais gentil e prestativa do que ela). O anime mostra as aventuras diárias dela, de outra anjo (meio sádica) e de duas demônios.

Kobayashi-san chi no Maidragon: Kobayashi tinha uma vidinha comum, trabalhando como programadora, até o dia em que encontrou Tooru, uma dragão (em forma humana, por conveniência), na sua porta (nota: quando beber, não suba montanhas e nem convide dragões para sua casa), se oferecendo para ser sua empregada. Daí, Tooru vai se adaptando ao mundo humano e Kobayashi conhece mais e mais dragões e seres estranhos por causa disso.


Na parte de ação (embora tenha gente que duvide da minha opinião), uma sinopse inusitada me fez assistir esse:

Youjo Senki (ou Saga of Tanya, the Devil): Um executivo, após morrer em um “acidente”, foi ressuscitado como Tanya Degurechaff, uma garota pobre, em um mundo semelhante à Europa na época da 1ª Guerra Mundial. Sem outras opções para garantir sua sobrevivência, alistou-se no exército, tornando-se uma Tenente aos dez anos e mostrando muito sangue frio e pouquíssima piedade ao ser mandada para as linhas de frente da guerra…


Por fim, um anime que me interessou pela história antes mesmo que eu começasse a assistir (e, depois que eu comecei, acabei gostando mais ainda). Se o mangá fosse lançado por aqui, eu comprava na hora.

Kuzu no Honkai (ou Scum’s Wish): Yasuraoka Hanabi e Ayawa Mugi estão saindo juntos. Mas não é como se eles estivessem apaixonados um pelo outro – na verdade, ela gosta de um professor, que considera como um “irmão mais velho”, e ele gosta de sua antiga tutora, que também despertou o interesse do professor… E, nisso, vemos até onde as pessoas (leia-se: TODOS os personagens, incluindo os que não foram citados aqui) vão para preencher sua solidão, seu vazio ou seu simples desejo sexual. Afinal, quem disse que todo mundo é certinho, puro e inocente? (Obs: cenas um pouquinho “provocativas” inclusas.)


Quem sabe eu não faça review desse último alguma hora?

ClaMAN

P.S.: Eu adoraria falar que no próximo diário vou falar de outra coisa que não sejam animes… Mas o problema é que logo começa a temporada de abril.

Diário (Inútil) do ClaMAN #0

Esse diário (que não será publicado todo dia) contém: Checklist de férias.

Em primeiro lugar, gostaria de dizer que o título está errado. Não é um diário, é um mesário (quer dizer: vai ser publicado todo mês).

__patchouli_knowledge_touhou__70ff4b0993596c9b877c522a3638bf82
Imagem ilustrativa. O ClaMAN não é a Patchouli Knowledge (clique na imagem para ver a origem).

Minhas férias estão sendo boas (comparadas ao período de aulas, pelo menos posso relaxar um pouco). Depois de um semestre realmente exigente na faculdade, está sendo um ótimo momento para… Bem… O tipo de coisa que qualquer um faz nas férias. Por exemplo:

  • Dormir tarde e acordar mais tarde ainda. Sem exigências como “acordar 5:50 todo dia”, posso ficar acordado até 3h da madrugada sem precisar de um litro de café para me manter “online” durante as aulas do dia.
  • Assistir mais animes. A cada trimestre, são lançadas novas séries e novas temporadas de um monte de animes. Digamos que nessa temporada de janeiro, tem muitas séries que estão me cativando (fica para outro diário). (e é por isso que estou dormindo tão tarde).
  • Jogar. Além de dirigir ônibus, arranjei outros jogos para ficar entretido (embora continue dirigindo ônibus mais do que jogando qualquer outra coisa).
  • Resolver projetos pendentes. Há muito tempo, em alguma postagem, eu comentei que estava fazendo uma cidade para o jogo de ônibus. Continuo fazendo. Porém, outros projetos pessoais não estão tendo o mesmo rendimento (ex.: um interpretador, um sistema de organização de imagens de animes, uma história de fantasia, um certo blog inútil).

Enfim, a única coisa que anda difícil de fazer é sair de casa para passear, porque fiz uma fusão com meu computador, percebi que a sociedade não serve para mim e me isolei no meu quarto e está chovendo bastante ultimamente.

(Nota: não, ainda não me tornei um daqueles tipos que tem medo de sair de casa).

De qualquer jeito, espero que dê para aproveitar bastante o resto das férias.

ClaMAN

P.S.: Ouvi boatos de que um certo BBB volta muito em breve. Por isso, em breve teremos AnimeRelacionado #7 e, quem sabe, #7 e 1/2

Tradição que a data pede

Feliz Natal pra vocês.

Feliz Natal para todos os leitores que nos acompanham por não terem nada melhor para fazer.

feliz-natal-002
(Alguém estava sem inspiração para mensagens bonitas de Natal…)

Como é tradição, a seguir vem as imagens de garotas de animes vestidas em roupas natalinas. Continue se quiser.

Continue Lendo “Tradição que a data pede”