Aquele momento em que você se esquece do aniversário de alguém

Só pra lembrar que estamos vivos.

Arrependimento e idiotice

Enfim, boa tarde, para aqueles que acharam que eu tinha morrido… A resposta para vocês é “não, eu não morreria tão fácil”. Eu só estava de férias (e ainda estou, haha).

Vamos ao ponto: Esse blog fez aniversário de fundação no último dia 8. De alguma maneira, agora isso aqui é um blog de 7 anos de idade. Yay!

Êeeee (espero que vocês não lembrem que usamos essa imagem desde 2015)

Fora isso, estamos no meio do carnaval, aquela época do ano cheia de folia, festas, DSTs, confusões, substâncias ilícitas… Amanhã teremos postagem sobre isso. Depois de amanhã, na quarta-feira de Cinzas, temos Valentine’s Day. Depois, na quinta-feira, volta às aulas (atrasado). Depois, não faço ideia. Ainda devo uns dois AnimeRelacionados para vocês.

ClaMAN

P.S.: Lembram que, em 12 de junho de 2017, eu falei que o Doze Estações ia voltar? Eu estava falando sério.

Diário (inútil) do ClaMAN #7

Agosto, mês em que vejo um monte de aniversariantes e coisas relacionadas a aniversários.

Já passamos do meio do mês de agosto, então é o momento certo para publicar o único diário que é postado mensalmente.

Imagem ilustrativa. O ClaMAN não é a Sakurauchi Riko de Love Live, não escreve essa postagem em uma praça durante o outono e nem tem um sorriso tão brilhante. Arte por Marshall

Como já passamos do meio de agosto, muita coisa que volta em agosto (aulas, trabalhos, feriados, séries, atrasos em tradução de animes) já voltou ou está voltando aos poucos…

Exceto meu tempo livre. Esse só diminui.

Minha criatividade também não anda se manifestando tanto.

Porém, se tem uma coisa que estou vendo de monte nesse mês são aniversários (incluindo o meu)(pais, o que vocês fizeram entre novembro e dezembro?). Aniversários também são relacionados a…

Festinha de aniversário 2D. De novo, o anime é Love Live, arte por Qianqian.
  • Festas (sejam elas infantis (com montes de crianças berrando), familiares (com parentes próximos… Ou não), de jovens (e aquela infame versão do “Parabéns pra você” regada a música até tarde) ou de debutantes (nem comento). Convites não inclusos.
  • Privilégios por conta da idade (passou de 13, é adolescente… Passou de 18, já pode ser preso e dirigir… Passou de 21, já é responsável pelos próprios atos…)
  • Presentes (de lembrancinhas a coisas caras, de coisinhas inúteis (como esse blog) a coisas de qualidade e utilidade)… Dependem de quem dá.
  • Bolo.

Bolo, por sinal, normalmente é aquele bolo confeitado, recheado e delicioso, com velinhas em cima. E aqui eu fecho a postagem com essa imagem de velinhas para quem já nem conta mais a idade:

Aquelas velinhas para te lembrar que, se tem algo que aumenta com um aniversário, é a idade.

(TRADUÇÃO: “Quem está contando velinhas? Você está velho”)

ClaMAN.idade ++

P.S.: Tento animar as coisas por aqui na próxima semana. AnimeRelacionado? Talvez.

P.S.2: A idade física aumenta, mas a altura continua igual e a idade mental diminui…

P.S.3: Aceito sugestões de postagem como presente. Ou comida.

Inutilidade #921

6 anos de Utilis Inutilis: para quem achava que nem iríamos chegar a 1 ano, 6 anos é até demais.

Em 8 de fevereiro de 2011, esse blog foi criado sem pretensão alguma.

Um ano depois, em 2012, a gente festejava um ano de vida.

Dois anos depois, em 2013, o ânimo ainda estava bom.

Três anos depois, em 2014, mesmo perdendo um pouco o fôlego, ainda seguimos.

Quatro anos depois, em 2015, firmes e tranquilos.

Cinco anos depois, em 2016, nem tão firmes, mas surpresos por chegarmos aos cinco anos de existência. Aí… Ninguém fez postagem na sexta-feira 13 (em maio) e desandou tudo…

E agora, tenho o prazer (ou a sorte) de fazer a postagem de número 921 (pois é, não deu pra chegar na 1000 ainda) e comemorar seis anos de existência do seu, do meu, do nosso Blog Utilis Inutilis!

Êeeee, parabéns, felicidades e toda aquela ladainha
(Reutilizando imagem de 2015)

Não que isso signifique muito, aliás. A Desciclopédia e o Não Salvo, por exemplo, são bem mais velhos, e tem bem mais popularidade que isso aqui. E são mais legais do que esse blog que, atualmente, só tem eu (ClaMAN) de editor (ou seja, só postagem sobre anime ou com imagem de anime). Por isso, ajude um blog inútil! Sugestões de postagem, imagens (para a série Imagem e Postagem 2), reclamações e até pedidos de “quero (voltar a) ser um editor” podem ser enviados para nós!

Bem, é isso. Se tudo der certo, dia 10 tem Imagem e Postagem, dia 12 tem alguma coisa (ou não) e dia 14 tem postagem de Valentine’s Day.

ClaMAN

P.S.: Por que eu ainda mantenho esse blog? Ah, vai que um dia a fama nos me alcance, né…

Inutilidade #874

Cinco anos postando, quase 900 postagens. Esse é o Utilis Inutilis.

Na boa… Quando eu fiz a primeira postagem inútil desse blog, nunca sonharia que, cinco anos depois, ainda estaria postando.

tumblr_inline_nklrmx7V461qzvw1y
É o seu Utilis Inutilis soprando velinhas em seu quinto ano de existência! E os haters tentando apagar (só chorem, hahaha! Eu tenho backup do blog inteiro!)

Como sempre, agradeço aos meus colegas de trabalho (Darmstadtio, Coruja e outros editores/ajudantes/estagiários), ao WordPress, ao Google, aos leitores, aos haters…

Êeeee, parabéns, felicidades e toda aquela ladainha
Reciclando imagem do ano passado

E eu realmente acho incrível que ainda tenhamos tantas coisas (inúteis ou não) para compartilhar com vocês. São 874 postagens até hoje (contando com essa), com quase 150 mil visualizações (basicamente, é como se cada postagem fosse vista 172 vezes), numa média de 3 postagens por semana. Isso dá 80 visitas por dia, em média também.

Podem ficar tranquilos que (vamos tentar) não deixar vocês na mão. Mais séries, histórias, imagens e filmes… Ou apenas coisas inúteis.

Afinal, são quase 180 inutilidades por ano. Segundo as contas, chegaremos em 1000 no ano que vem

Ou não.

ClaMAN

P.S.0: Dizem as lendas que, se chegarmos a mil postagens até 8 de fevereiro de 2017, o ClaMAN vai postar um vídeo dele tocando… Teclado.

P.S.1: O slogan do blog provavelmente vai mudar no meio do ano para alguma coisa que termine com “ou não”.

P.S.2: Sério, eu gosto de acabar as coisas com “ou não”. Dá um ar de incerteza e imprevisibilidade, que nos lembra que somos todos humanos…

P.S.2b: Ou não.

P.S.4: Editores queridos, podem se manifestar editando essa postagem.

P.S.5: Leitores queridos, podem se manifestar comentando essa postagem.

P.S.6: Leitores que quiserem ser editores, podem falar conosco.

P.S.7: Eu contei 874. Se algum editor publicar alguma coisa antes dessa postagem (que já estava agendada há uns dias), eu vou fazer questão de despublicar a postagem dele e só postar de novo depois da meia-noite para não ter que refazer as contas todas.

Inutilidade #710

Um emocionante texto comemorando os 4 anos de Inutilidades Inúteis desse blog.

Mais uma vez, eu tenho o prazer de anunciar que esse blog está fazendo anos (que maneira tosca de dizer “aniversário”…).

Êeeee, parabéns, felicidades e toda aquela ladainha
Êeeee, parabéns, felicidades e toda aquela ladainha

Já são 4 anos de inutilidades. No primeiro ano de vida (2011), éramos recém-nascidos, fazendo as coisas planejadamente e sem erros. No segundo ano de vida (2012), pré-adolescentes, foi postagem até perder de vista, sobre coisas aleatoriamente aleatórias. Mais maduros, no terceiro ano (2013), vieram os dramas adolescentes, os conflitos psicológicos e as distrações do mundo. Nesse quarto ano que passou (2014), já jovens adultos, a pressão do mundo de gente grande. Pouco tempo para diversão, muitas desculpas, várias falhas e tentativas frustradas.

Mas agora as coisas estão entrando nos eixos. Como o rapaz que encontra uma garota legal e já pensa em casamento, que tem um emprego mais ou menos estável, que já entende um pouco dos problemas da vida.

Nessa linha de pensamento, teremos mais organização (repararam nas novas categorias ali em cima? Obra minha como presente de aniversário), mais postagens agendadas (evitando meses inteiros sem postagem, como no ano passado), mais comprometimento.

Ou não (afinal, somos inúteis. E essa é nossa razão de existir desde 8 de fevereiro de 2011. E nos orgulhamos disso.).


Darmstádtio passou por aqui

Ainda me lembro da primeira vez que o ClaMAN me passou o link do Blog para ‘dar uma olhada’.
Muita coisa aconteceu de lá até agora e olha só onde chegamos!
Foram muitas postagens, muitas ideias, e várias desculpas hehehe.

Não tenho muito o que dizer, apenas comemorar e agradecer a você, leitor desconhecido, por nos inspirar a continuar postando :)


 

Na hora de assoprar as velinhas, o pedido é para que não faltem inutilidades para comentarmos por aqui, e que esse blog continue vivo por mais 1, 10, 100 anos (vai que…).

Ah, acham que eu ainda teria fé nesse blog se não tivesse quem lê? Obrigado pelas mais de 110 mil visitas, leitores amados!

UTILIS INUTILIS – 4 ANOS DE INUTILIDADES

P.S.: De piada, passou para melodrama. Preciso parar de ser sentimental. <ClaMAN>

A importância de operadores de datashow

Nunca duvide: os operadores de datashow são muito importantes na vida (acadêmica ou profissional) de qualquer um!

Aviso: essa postagem ficou muito grande, então será resumida. Para ler o texto original e completo, veja aqui.

tag_textoprojetor-datashow-epson-interativo-475wi-2600-lumens-18033-MLB20147782009_082014-FE então, você faz uma tese sobre “A função dos sacos de laranjas no meio socioeconômico”. Na apresentação, só você lá no palco e os seus vinte professores te olhando com cara de desprezo. Vamos lá, mostre a eles o quanto os sacos de laranjas são importantes!

1305485751_37392069_1-Aluguel-de-telao-data-show-projetor-equipamento-de-som-centroPorém, ao abrir o lindo primeiro slide no telão, nota que não há ninguém para passar os 72 slides da apresentação. Pois é, meu filho… Você esqueceu do operador de datashow.

Dizem que a função de operador de datashow é apenas para uns poucos escolhidos. É preciso entender os mistérios da passagem de um slide para outro, além de ter conhecimento de teclas e atalhos. Se for datashow de igreja, então, é preciso atenção para mudar a letra da música no instante religiosamente exato.

Porém, em tese, é uma função simples: abra o PowerPoint (ou qualquer programa semelhante (exceto Word – não recomendado.), coloque em modo apresentação/tela cheia e vá avançando os slides.

957421102510173Mesmo assim, não confie só nessa opinião de que é simples. Podem aparecer problemas: um cabo desligado, ou firmware desatualizado. Porém, o operador de datashow que se preze deve estar atento à essas adversidades. Ele deve ter intuição de saber sobre cabos e conexões, foco e iluminação, e deve ter coragem para dizer que todos terão que mudar de sala por conta do projetor quebrado.

É um trabalho de risco. Um erro e humilhantes olhares virão em sua direção. Também é um trabalho ingrato, pois nunca agradecerão os operadores de datashow ao fim da apresentação. E ele terá que ficar lá após todos saírem, a fim de desligar os equipamentos.3ano-datashow-02-042-1

Sorte para você, que só vai apresentar. Sua tese está pronta, seu diploma será entregue. Enquanto isso, alguém batalhou para trocar o slide a cada sinal seu (que não dava para saber se era um sinal ou apenas a mão tremendo por conta do nervosismo). Então, da próxima vez que fizer um trabalho, lembre-se de quem operou o datashow. Agradeça-o pelo serviço e ajude-o:

Poderia ser você no lugar dele.

ClaMAN

Homenagem comemorativa ao aniversário do nosso editor Darmstadtio.P.S.1: Desejem feliz aniversário a nosso operador de datashow, Darmstadtio! Por mais de três anos, ele fez esse grande serviço para toda a gama de professores e colegas de classe. Acho que darei um projetor de presente a ele :)

P.S.2: Eu também já fui operador de datashow na igreja, por muitos anos. Já posso colocar no currículo.

P.S.3: Escrevi metade dessa postagem no meio do ano passado (junho de 2014). Era para o Darmstadtio terminar, mas ele próprio estava ocupado exercendo sua nobre função de operador de datashow em diversos trabalhos e seminários.

B Ô N U S :

Um retroprojetor, antepassado dos modernos projetores digitais. Era operado com transparências (por causa dele existe a caneta retroprojetor)
Um retroprojetor, antepassado dos modernos projetores digitais. Era operado com folhas transparentes (e, por causa dele, existe a caneta retroprojetor)

Inutilidade #656

Já são três anos de existência… Pois é, o tempo passa rápido.

Olá. Boa tarde [já que essa postagem está sendo publicada a tarde].

Há três anos, eu publiquei a primeira postagem desse blog.

Há dois anos, eu publiquei a bicentésima décima quarta postagem, juntamente com mensagens de todos os editores para o especial de 1 ano de blog.

Há um ano, eu publiquei a quincentésima décima quinta postagem, junto com estatísticas desses dois anos de blog.

[detalhe: nesse dia, eu disse que o blog faria mais 200 postagens até hoje]

E hoje, tenho o prazer de escrever a sexcentésima quinquagésima sexta postagem, mostrando que nós chegamos [mais ou menos] vivos ao terceiro ano de existência dessa coisa inútil!

Bolinho pra todo mundo comemorar.
Bolinho pra todo mundo comemorar.

E é isso. Espero lembrar de postar mais para poder encher mais linguiça bexigas no ano que vem.

Imagem da Taiga para ilustrar essa parte comovente
Imagem da Taiga sorrindo animadamente (kawaii) para ilustrar essa data comovente

O sucesso da existência desse blog se deve:

  • A mim e ao VitorLSB, pois tivemos a ideia de abrir isso daqui…
  • Ao Darmstadtio, que comemorou seu aniversário há cinco dias…
  • Ao MM e KhaosLimit [antigo xSmoKe66], que ajudaram e ajudam nas coisas por aqui…
  • E, logicamente… Ao WordPress, por suportar nosso blog com seus servidores.

Claro, nada disso existiria se não fosse por você que nos visita por acidente ou porque gosta, que lê e comenta as postagens, que usa o que aprendeu aqui na sua vida… Obrigado, leitor, leitores, leitora, leitoras, alienígenas e quem mais chegou até aqui. Cada visita sua é um número, mas um número que motiva a gente a postar mais e continuar vivo.

ClaMAN

P.S.: Ah, agradeço ao estagiário por me trazer café… Mas quero o próximo com mais açúcar.

P.S.2: ClaMAN só de boas aqui esperando os outros editores lembrarem do blog para comemorar também.

P.S.3: Darmstádtio passando por aqui: Concordo com tudo acima. Parabéns a nós.