Resumão sobre viagens no tempo

Um pouco sobre como deve ser a sensação de viajar no tempo.

Anúncios

O mundo da ficção científica tem muitas vertentes (e não, não é só coisa espacial como Star Wars que conta como ficção científica). Uma delas é a de viagem no tempo.

Crossover (maneiro) por tr0yka.

Viajar no tempo é o conceito de voltar ao passado ou então de avançar para o futuro. Por enquanto, é uma coisa que existe apenas na ficção mesmo. Não deixa de ser combustível para diversas histórias de diversos gêneros.

O problema de viagens no tempo (principalmente para o passado) é o tanto de paradoxos que pode causar, por isso é um tema complicado de se trabalhar. Afinal, eliminar seu eu do passado faria seu eu (ou seja, você) do futuro sumir? É algo que cada autor prefere pensar de um jeito.

Só ilustração.

E bem, para concluir, por que personagens viajam no tempo? Pode ser para salvar alguém, pode ser para simples curiosidade científica (para um historiador, ver o passado com os próprios olhos deve ser legal, não é?), pode ser por qualquer outro motivo.

Um último motivo possível é quando um certo editor de um certo blog esquece de publicar a postagem no dia certo, e precisa voltar no tempo para postar no dia certo. Bem, funciona mais ou menos.

ClaMAN

P.S.: Um dia eu faço uma postagem sobre viagem no tempo decentemente.

P.S.2: Espero que essa seja a última vez que usarei esse método.

P.S.3: Dia 30 eu explico o motivo das viagens.

P.S.4: Aproveitar o tempo que eu ganhei voltando no tempo para assistir animes.

E então eu resolvi assistir Star Wars…

Após a estreia do 7º episódio dessa série popular chamada Star Wars, ClaMAN resolve ver o 1º.

Na verdade, assisti no dia 18… Só que a inspiração para escrever estava em outra galáxia.

star-wars-episode-1-posterComo raios eu fui assistir isso: As postagens do dia 17 dão uma ideia pra vocês.

Até onde eu assisti isso: Por enquanto, apenas o filme Episódio I – A Ameaça Fantasma

Pretendo continuar assistindo: Digamos que, se é pelo bem dos leitores e para subornar o Darmstadtio, eu continuo.

Há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante…

Continue Lendo “E então eu resolvi assistir Star Wars…”