Dia das Crianças e Doces para Crianças

Doces e crianças: sempre andam juntas por quê?

Anúncios
Criança feliz, feliz a cantar, alegre a embalar seu sonho infantil…

Hoje, 12 de outubro, é (ou foi) dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil (ou seja, montes de pessoas foram em romaria para Aparecida do Norte, SP). Esse dia é feriado desde 1980 (por causa de Nossa Senhora) mas, em um país cuja população católica vem caindo (57% em 2013), todo mundo acha que a razão do feriado é outra: o dia das crianças, instituído em 1924.

Enfim, vamos falar de crianças (afinal, eu tento agradar os leitores, independentemente da religião). E, como visto na imagem no topo da postagem, doces parecem ter tudo a ver com crianças.

Crianças podem ser mais associadas a doces, mas isso é delícia pra qualquer idade.

Coisas doces são apreciadas já pelos mais novos (bebês), então o vício interesse começa aí. Dão energia pra caramba (carboidratos). Liberam hormônios da felicidade (principalmente chocolate – quer coisa melhor que chocolate?). Para seres pequenos que só sabem gritar, rir, brincar, comer (e dormir quando a energia acaba)

Não dê café para essa menina. A humanidade agradece.

Afinal, para qualquer pessoa com menos de 13 anos de idade, a vida ainda é (e deveria ser) doce. Problemas (cáries, obesidade infantil, diabetes) podem (mas não devem) ficar para depois. O que importa é ser feliz.

Então, se você é uma criança (ou pensa como uma) (ou se comporta como uma), aproveite umas balinhas (amanhã, porque agora (23:50) está tarde e é hora de boas crianças estarem na cama) e uns bombons (mas com moderação, para evitar problemas mais tarde (repito: cáries, obesidade infantil, diabetes).

Nota: esses meninos escovaram os dentes depois de chupar esses pirulitos.

Aproveite o (que sobrou do) Dia das Crianças, e que Nossa Senhora Aparecida te abençoe (seja você católico ou não).

ClaMAN

P.S.: Postagem em cima da hora só para animar o blog que anda bem parado.

B Ô N U S :

Oshino Shinobu, de Bakemonogatari. Arte de Lucknight. Mais sobre ela amanhã, mas já adianto que ela não é bem uma criança (por idade), mas adora donuts.

O Twitter disse que hoje é dia dos gatos

Fatos (e imagens) sobre gatos mundo (e internet) afora.

O Twitter disse que hoje (ainda) é dia internacional dos gatos. Até hoje, eu nem sabia desse detalhe.

Mas agora eu sei disso e vou compartilhar com vocês.

Para começar, os gatos que estamos falando são aqueles felinos, que miam, caçavam ratos, peixes e pássaros e, para alguns, concorrem com os cachorros em preferência para animais domésticos. Se chegou aqui procurando outro tipo de gato, tente procurar aqui.

Gatos são famosos. Ditos populares, como “A curiosidade matou o gato” e “Um gato tem 7 vidas” (em outras versões/nações, ele tem 9), mostram essa fama (além de mostrar que gatos são duros na queda tanto quanto são xeretas). Fora isso, gatos foram (ou são, sei lá) base para muitos personagens de desenhos animados, comics e tals.

Não dê lasanha para seu gato ou ele pode acabar como o Garfield.

Sempre tem as pessoas que vão ver vídeos de gatos fofinhos no YouTube e torcer o nariz porque preferem cachorros (bem, gosto não se discute). Algumas tem argumentos (nem tão lógicos) para isso: gatos são esnobes, gatos não tem amor pelos seus donos, gatos são do mal (culpa daquele filme). O pessoal do tempo da idade média (que, felizmente, já passou) pensava dessa mesma forma.

Gatos pretos são, na verdade, bruxas malignas disfarçadas? Tá “serto”, um joinha procê.

Já foi provado (no meu Twitter, inclusive) que gatos podem ser tão carinhosos quanto qualquer outro animal de estimação. Estudos mais “místicos” dizem que gatos até removem energias negativas do local onde vivem e tem poderes curativos e, no Egito antigo e outros locais, gatos eram vistos como deuses.

Como eu já comentei lá em cima, gatos ficaram populares na internet (principalmente em vídeos do youtube). Fora os vídeos do youtube, os gatos são protagonistas de memes, incluindo o popular longcat (gato longo, em tradução literal) e aquela musiquinha chiclete de 2011, Nyan Cat, assim como outras citações.

Quanto tempo você aguenta ouvir?

Por fim, japoneses também gostam de gatos (e coelhos, mas aí é outra história). Como vocês já devem saber, japoneses também gostam de transformar qualquer coisa (incluindo navios de guerra e animais silvestres) em garotas 2D. Como eu não poderia fazer essa postagem sem referências a animes…

Hanekawa Tsubasa, de Bakemonogatari – em certas condições (leia a novel ou veja o anime para saber), ela vira uma neko girl (garota gato). Arte por Kasai Shin

(Tem um vídeo dela aqui).

ClaMAN

P.S.: Tem muitos “Dia de [insira qualquer coisa aleatória aqui]” que só vejo no Twitter…

P.S.2: Tenho bastante postagens previstas para esse mês, só falta inspiração, vontade e tempo para criá-las.

Brincando de contar os dias

Colocando os pingos nos Is e completando o calendário.

Hoje é o último dia de junho, sendo que amanhã começa férias julho. Isso pode não significar muita coisa para você (afinal, mudou o mês, mas amanhã será só um sábado comum, no fim das contas).

Só que, para um editor inútil, certas coisas comuns são motivos para postagem, como isso:

Ou seja, eu fiz o esforço de fazer postagem toda segunda, quarta e sexta só para fazer um UT bonitinho no calendário inútil que fica ali do lado? Sim.

Essa postagem de hoje completa o T? Sim também.

Eu vou continuar fazendo isso durante os meses seguintes para escrever “UTILIS INUTILIS” usando o calendário? Sim, pretendo, mas o mês que vem será uma exceção.

Afinal, duas postagens foram publicadas um dia depois do dia que eram para ser postadas (mas eu usei um recurso chamado “viagem no tempo” (leia-se: publiquei com a data alterada)) e ninguém percebeu isso.

Bem, essa era a meta do mês. Boa noite e bom mês de julho para vocês. Amanhã tem postagem.

Mensagem cheia de verdades dessa noite. Anime: Owarimonogatari

ClaMAN

P.S.: Início de julho = início de novas séries de animes. Temos algumas estreias yuri por aí…

Mês das noivas (e waifus)

Maio é (ou foi) o mês das noivas. Noivado leva a casamento, casamento leva a… Waifus (entenda lendo a postagem).

Ao ver esse título e essa imagem, talvez você acabou de se perguntar se o Utilis Inutilis vai virar um blog de decoração de eventos, ou se o ClaMAN vai se casar com uma garota 2D, porque 3D tá difícil.

Mas é lógico que não é isso. É só uma postagem inocente afirmando que maio, além de mês das mães, é o mês das noivas. Na verdade, essa postagem era pra ter sido feita no começo do mês, mas isso sempre pode ser ignorado porque o mês tá acabando e meu depósito de ideias esvaziou.


Falar de noivas é falar de despedida de solteiro, casamento, vestido branco, marcha nupcial, “aceito”, muitas emoções… Se um casal começa a namorar e já pensa nessas coisas de noivado e cerimônia de casamento, talvez tenha futuro (ou não, só querem fazer festa mesmo).

Imagine que relação linda…

Noivado leva a casamento – um evento emocionante para a vida de ambos os cônjuges (esse emocionante pode ser lido em vários sentidos). É como a implementação de um sistema, com toda aquela expectativa, nervosismo e ansiedade (e, lógico, a chance de dar tudo errado). Talvez seja por isso que tem gente que nunca se casa, e também por isso que tem gente que casa mais de uma vez.

Para concluir, nada supera a emoção da noiva chegando atrasada no próprio casamento e de um noivo que presencia a entrada vários minutos atrasada da noiva na igreja acompanhada de alguma música estilosa (ou não).

Imaginem a lindeza da cena ( Taiga S2 )

ClaMAN

Nota: Para ver os artistas e a origem das imagens (de animes), clique na imagem.

P.S.: Esposa = Wife = Waifu. Waifu é a palavra que se usa para falar de personagens 2D pelas quais se tem muito carinho e apreço, que podem ser vistas como namoradas e, dependendo da extremice do otaku, até como esposas mesmo. Lembrando que, segundo os dez mandamentos da Loli Holy Bible, não é preciso escolher apenas uma garota do mundo 2D para ser waifu, podem ser várias (o que importa é o amor). Então…

Além da Taiga, tem a Senjougahara também…

P.S.2: A enrolação acima foi pura introdução, o que eu queria mesmo era fazer uma galeria de imagens de garotas de animes em vestidos de noiva (fazia tempo que eu não inseria imagens de anime aleatórias em uma postagem aparentemente comum). Mas tenho trabalhos para fazer, então entendam que a galeria são só as duas imagens acima e a bônus abaixo.

B Ô N U S :

A protagonista nem sempre é a única opção – sempre existem os “Good Ends” além da “True Route”. Anime: Ore no Imouto ga Konnani Kawaii Wake ga Nai.

Sim, a água é importante

Sim, a água é importante no nosso cotidiano. Duvida? Vou mostrar imagens para comprovar.

Hoje é (ou foi) o Dia Mundial da Água. O Utilis Inutilis já citou esse importante dia há uns seis anos, mas como o título da postagem diz, a água é importante para nós, então merece postagem sempre!

Essas imagens de água te fazem querer beber água, não é?

70% do nosso corpo é composto por água, aliás. A Terra não é chamada de “planeta água” à toa, também. Como se não bastasse isso…

Sem água não teria como ter esses rios e lagos bonitos que servem como bons cenários…

Sem água não teria como essa garota mágica com poderes aquáticos usar seu poder para se refrescar em um dia quente…

Sem água, a Senjougahara não poderia ter o prazer de torturar seu namorado nessa cena…

Sem água, não teriam mares e oceanos, então não teriam praias nem fontes termais, tampouco piscinas, logo não teríamos episódios de fan-service.

E, com isso, espero que vocês entendam a importância da água no nosso cotidiano.

@cslclaman

P.S.: Eu sei, saiu praticamente no dia 23, não é? Relaxem, todo dia é dia da água.

P.S.2: Mudei a assinatura. Quem sabe assim não ganho seguidores no Twitter?

P.S.3: Animes usados (ordem de aparição, desconsiderando 1ª imagem):

  • Saenai Heroine no Sodatekata (ou Saekano), episódio 0 (OVA).
  • Yosuga no Sora, episódio 11.
  • Mahou Shoujo Nante Mou Ii Desukara 2ª temporada, episódio 1.
  • Nisemonogatari (da série Monogatari), episódio 1.
  • Kobayashi-san chi no Maid Dragon, episódio 6.

Chocolate para os amantes/amorosos/apaixonados

Valentine’s Day, dia de dar chocolate à pessoa amada. E que tal maneiras “diferentes” de demonstrar seu amor?

Mais um Valentine’s Day, e mais uma vez eu vou comentar da tradição (tradição? Não sei se chega a tanto, seria mais como uma estratégia de marketing) japonesa em que garotas dão chocolates a garotos (ou não) por quem tem alguma (ou muita) consideração.

__original_drawn_by_yuu_plasm__cf3d66bdd95ac2bc9ed11a6bff8d628f
“…Tenho algo pra te dar hoje.”

É um gesto romântico, de qualquer modo. É uma boa declaração de amor, também (isto é, se a pessoa tiver coragem de entregar o chocolate ao seu amado).

Nem sempre é algo fácil de se fazer.
Nem sempre é algo fácil de se fazer.

Mas, supondo que vergonha ou falta de intimidade não seja um problema, ou supondo que tenha atitude (e vontade de provocar/seduzir sobrando), ou supondo que exista uma vontade de inovar a relação…

(Aviso: a partir desse ponto, tem coisa que pode ser meio… NSFW (ou seja, cuidado com quem está por perto antes de ler)

Continue Lendo “Chocolate para os amantes/amorosos/apaixonados”

O Feliz Natal de sempre

O que o dia 25 de dezembro é (além de Natal)? Descubra isso junto com a tradicional leva de imagens de garotas de anime em roupa natalina.

Feliz Natal.

Família reunida, alegria e luzes por todo lado são bons símbolos do Natal (além dos presépios, pinheiros enfeitados e Papai Noel)
Família reunida, alegria e luzes por todo lado são bons símbolos do Natal (além dos presépios, pinheiros enfeitados e Papai Noel)

Hoje, além de ser dia 25 de dezembro (o 360º dia desse ano (seria 359º se não fosse ano bissexto)), também é:

  • Dia de descobrir que Papai Noel existe (ou não).
  • Dia de ganhar presentes (ou não).
  • Dia de comer algum tipo de ave natalina (ou não).
  • Dia de ouvir se é pra vê ou pra comê (ou espero que não).
  • Dia de ir em festividades cristãs (ou não).
  • Feriado.

Enfim, aproveite esse dia como achar melhor.

ClaMAN

P.S.: Faltou aquele tipo de imagem? Continue para ver.

Continue Lendo “O Feliz Natal de sempre”