Chorando de rir… Ou rindo para não chorar… 16#

Chorando de rir… Ou rindo para não chorar… 15#

melhorpost_13


2ª lugar: MENSAGENS SUBLIMINARES NA NOTA DO REAL.


Decifrando: Bate Lata

Existem perguntas que assombram a humanidade à séculos:

 “De onde viemos?”;

“Para onde vamos?”;

“Quem matou Odete Roitman?”;

“o sabiá sabia assobiar?”.

O Utilis Inutilis, como uma das ferramentas para inuteis da internet lhe ajudara a entender muitos desses mistérios.

Hoje decifraremos a belíssima obra da cantora lírica e poética Gil, umas das maiores filosofas de todos os tempos em uma de suas brilhantíssimas obras:

Bate lata:

Eu sei que muitos leitores nesse momento devem estar embasbacados após esse viagem cheia de emoção e provavelmente se regojizam(?) com essa letra claramente cheia de mistério e beleza (só que não) digna apenas de Shakespeare e Camões, se fossem compositores de Axé.

Esmiuçando a primeira estrofe:

Era um menino tocador que dispensou o agogô

E o tambor pra tocar lata

Do ta ta ta ele gostou

Do tum tum tum ele adorou

E muito mais do Ra ta ta ta

Quem serie esse serelepe “menino tocador”, serie um eu lirico lésbico da própria cantora? Bom, nunca saberemos, porem, sabemos que ele “toca” e que nunca mais olhara para o pobre agogô, esse, foi deixado de lado, desprezado.

#RIPagogô

Podemos notar nas próximas linhas que esse “menino tocador” agora apenas usufrui da “lata” e experimenta diversas coisas como “tatata”, “tumtumtum”, e o melhor o “ratatata”, seriam esses sons eufemismos para os mais profundos desejos desse “tocador”de lata?

Imagine se leitor(a) no meio daquele “tatata” quando de repente leva um  “tumtumtum” e acaba gritando “ratatata”.

QUER APRENDER

PEGUE A LATINHA

E BATE UMA NA OUTRA

TCHA TCHA, TCHA TCHA

SEGURE O REGGAE

NÃO SUSSEGUE

SE ENTREGUE A ESSA VIAGEM LOUCA

Chegamos a um ponto de puro aprendizado, mas nos perguntamos ao ouvir “QUER APRENDER, PEGUE A LATINHA, E BATE UMA NA OUTRA”:

se pegamos apenas uma lata, como podemos bater uma na outra? Sera que já temos uma lata na mão? 

Em: “SEGURE O REGGAE, NÃO SUSSEGUE”, notamos um dos por menores dessa letra , você segura o reggae, um claro eufemismo para as partes intimas e assim como Michael Jackson em suas coreografias aos gritos de “AU AU” somos convidados a “Seguarar o Reggae”

Na frase final dessa estrofe a poetisa faz uma rica e profunda alusão às drogas psicodélicas dos dos anos 70 e se entrega a uma “viagem louca”.

Venha de lata negão

No meio da multidão

Se não tem lata

Improvisa, bate na palma da mão

Finalmente chegamos ao verso final dessa estrondosa e retumbante viagem e eis que chega o “negão”, sim leitores sabemos que provavelmente a cantora nunca mais sera a mesma afinal, segundo o filosofo Latrell Sperncer:

Depois do negão vem a cadeira de rodas!

Tenho certeza que esse post foi bastante enriquecedor para todos nós e que muitos agora olharão com outros olhos para essa obra.

P.S: Todos os (“…”) podem ser trocados pelas mais diversas coisa que sua mente poluída de leitor do Utilis Inutilis puder imaginar.

E você ainda não gosta de esporte?

Após você ver o (sem dúvida) melhor aquecimento que vai ver em toda sua vida, você também pode observar o fundo da cena:

Sem título - Cópia

Vadia

conferindo

Flango

Esportes são mais interessantes do que parecem… Desde que você veja do ponto de vista certo.

VitorLSB

“Passa ou Repassa” – Hammond

Um órgão Hammond ou Garotas yuri? ClaMAN escolheu e preferiu… O timbre hammondístico. Afinal, um órgão é mais fácil de ter do que uma garota [ClaMANticamente falando].

Desliga esse computador e vai dormir.
Pai do ClaMAN sobre essa postagem.

A vida possui muitas escolhas difíceis. Por exemplo, escolher entre Touhou ou OMSI ou entre Notebook ou Desktop tem sido os meus maiores dilemas nessas férias. Então, desafio lançado pelo VitorLSB, vamos lá fazer alguma decisão útil.

De um lado…

yuri and yoona - yoonyul
Garotas “yuri”…

E do outro…

hammond b3
Um órgão Hammond…

Eu sei que vocês me conhecem há muito tempo [quase 2 anos], e já sabem minha resposta de cor e salteado:

ClaMAN, o que raios é Hammond? É uma banda? É uma técnica avançada de teclado? Ou o quê?

Hammond nada mais é do que uma empresa que fabricava órgãos e criou o órgão Hammond.

E um órgão Hammond é um órgão como o da imagem abaixo. O diferencial dele é o som.

hammond a100
Um Hammond A100

É um órgão comum elétrico? Sim, só que não. Na verdade, ele é eletro-mecânico.

Momento “ClaMAN Professor”:
Ele tem um sistema de rodas que giram em alta velocidade. Quando uma tecla é apertada, um circuito capta a energia magnética da roda correspondente e transforma em som. O resultado dessa coisa é surpreendentemente agradável aos ouvidos.

Por causa desse som hammondístico, foi usado pra tocar música tanto em igrejas quanto em shows de rock [Deep Purple, Yes e outras bandas que o digam…], passando por jazz/blues e reggae [sim, Bob Marley!]

E sim, eu prefiro um Hammond a garotas. Sinto que um timbre desse pode mexer mais comigo… Embora, atualmente, um Hammond original custe tanto quanto um Civic ou Corolla. Mais caro do que qualquer show de j-pop ou k-pop…

Bom, chega de falar. O jeito é ouvir mais alguns sons desse órgão clássico que, quando tocado com jeito, é excelente:

C l a M A N

P.S.: Quem quiser me dar um órgão de presente sinta-se à vontade… Nem precisa ser um Hammond, qualquer um já serve.

P.S.2: Acharam que eu estava esquecendo, né? Que nada… Repassando a pergunta para o idealizador…

VitorLSB, pense rápido: só livros e filmes de terror por um ano… Ou ir conhecer lugares que você sempre quis ver, acompanhado por uma garota?

P.S.3: Estou fazendo um teste. Se der certo, toda postagem minha terá uma citação de alguém sobre qualquer coisa logo no começo.

Chorando de rir… Ou rindo para não chorar… 14#

Chorando de rir… Ou rindo para não chorar… 13#

AVISO DO CLAMAN: Excluíram o vídeo sem nos avisar, e minhas técnicas hackers não conseguiram descobrir qual era o vídeo original. Por isso, peço desculpas e coloco algo aqui:

Abaixo: Vídeo original. Não adianta clicar.